quinta-feira, 30 de julho de 2009

** Antoine de Saint-Exupéry **

Antoine de Saint-Exupèry como aviador

Antoine-Jean-Baptiste-Marie-Roger Foscolombe de Saint-Exupéry  filho do conde e condessa de Foscolombe (29 de junho de 1900, Lyon - 31 de julho de 1944) foi escritor, ilustrador e piloto da Segunda Guerra Mundial.

Suas obras são caracterizadas por alguns elementos como aviação e a guerra Também escreveu artigos para várias revistas e jornais da França e outros países, sobre muitos assuntos, como a guerra civil espanhola e a ocupação alemã da França.
Destaca-se O pequeno príncipe (O Principezinho, em Portugal) (1943), romance de grande sucesso de Saint-Exupéry. Foi escrito durante o exílio nos Estados Unidos.

Dizem que pousava no Brasil quando abastecia seu avião, parece ter estado em Recife-PE e na Ilha de Florianópolis-SC

Algumas das muitas frases do célebre escritor:

“Se tu choras por ter perdido o sol, as lágrimas
te impedirâo de ver as estrelas.”

“O verdadeiro homem mede a sua força, quando se defronta com o obstáculo.”

“Os homens compram tudo pronto nas lojas... Mas como não há lojas de amigos, os homens não têm amigos.”

“A grandeza de uma profissão é talvez, antes de tudo, unir os homens: não há senão um verdadeiro luxo e esse é o das relações humanas.”

"O essencial é invisível aos olhos;
só se pode ver bem com o coração!"
  
“O que nos salva é dar um passo e outro ainda.”

“Há vitórias que exaltam, outras que corrompem; derrotas que matam, outras que despertam.”

“É o mesmo sol que derrete a cera e seca a argila.”

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.”

“Só conheço uma liberdade, e essa é a liberdade do pensamento.”

"É preciso exigir de cada um o que cada um pode dar"

“Viva o hoje, pois o ontem já se foi e
o amanhã talvez não venha.”


“As pessoas têm estrelas que não são as mesmas. Para uns, que viajam, as estrelas são guias. Para outros, elas não passam de pequenas luzes. Para outros, os sábios, são problemas...” 


“Um monte de pedras deixa de ser um monte de pedras no momento em que um único homem o contempla, nascendo dentro dele a imagem de uma catedral.”

“Amar não é olhar um para o outro, é olhar juntos na mesma direção.”

“Se tu vens às quatro da tarde, desde às três eu começarei a ser feliz.”

“O amor verdadeiro começa lá onde não se espera mais nada em troca.”

“Foi o tempo que perdeste com tua rosa
que fez tua rosa tão importante.”

“Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.”

“Eu não preciso de ti.Tu não precisas de mim.
Mas, se tu me cativares, e se eu te cativar...ambos precisaremos, um do outro”
_____  ***  _____

Compilado por geni mafra souza.
Dos livros do autor
Imagens Net

3 comentários:

  1. Este blog me ajudou muito. Obrigada. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. Seu blog é muito especial! Parabéns!
    Abraço de luz e paz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá você de Arte e Harmonia,

      Obrigada pela visita e pela comentário "elogioso"! Apareça mais vezes, será um prazer.
      PAZ e LUZ para você também.
      Abraços
      Gení

      Excluir