quinta-feira, 23 de março de 2017

KUNDALINI - 12ª parte COMO SOMOS FEITOS? Homens - Planos e Corpos

A Energia da Consciência, Serpentina e Espiral: a Kundalini.

A Kundalini.

Kundalini é uma palavra sânscrita que significa “serpentina”.
É a Energia do Cosmos, ou a Energia de nossa Alma, ou de nossa Consciência, dentro de nós.
Representa também   nossa potencialidade “adormecida”, aquilo de que somos capazes.

A Kundalini  se faz presente,  não somente dentro do ser humano, mas de cada átomo existente.

A Kundalini é representada
por uma serpente enrolada.

Segundo antigos escritas  védicas, podemos imaginar a Kundalini como “uma cobra adormecida”, enrolada três voltas e meia, na base de nossa coluna, que se despertada de modo certo e natural, expande a nossa Consciência, podendo nos levar a iluminação.

O despertar da Kundalini, provoca
a expansão da Consciência.

Quando despertamos nossa Kundalini, nossa criatividade aumenta, e tomamos consciência
de nossa pequenez e finitude, diante do Universo infinito, mas também nos possibilita contatarmos com o Infinito, também dentro de nós.

A Coluna como
"caminho" da Kundalini

O despertar dessa Energia se dá, quando nossas glândulas (endócrinas) são ativadas, e essas  informações  são  levadas, pelo ação do Sistema Nervoso, através da Coluna Vertebral,  por meio de "canais sutis": Ida, Pingala e Sushumna, (falados no assunto anterior) ao Cérebro, e este integra os sinais que recebe.

O despertar nos dá LIBERDADE,
mas também RESPONSABILIDADE

Como resultado, nossa percepção torna-se tão clara, que saberemos o efeito e o impacto de uma ação, mesmo antes dela acontecer... A partir daí, passamos a ter o Poder da Escolha, de  e em qualquer situação para  Agirmos ou Não...o que nos dá uma tremenda Liberdade, mas também gera uma grande Responsabilidade!



Para maioria dos estudiosos, linhas e autores, é a partir do chakra do umbigo, plexo solar, que o fluxo da kundalini é liberado, daí sobe até o chakra frontal, passando pela glândula do terceiro-olho a Hipófise,  chegando no  coronário, no centro do topo da cabeça, onde está a glândula Pineal, volta passando por todos os chakras até o chakra básico ou raiz, na base da coluna, e volta ao plexo solar (umbigo). 

PLEXO SOLAR - O mais
importante Chakra?

Talvez por esse fato que, para algumas linhas e autores, o chakra do Umbigo ou Plexo Solar, apareça como um dos mais importantes... e segundo alguns, é como se ele fosse nossa LUZ, por  isso também conhecido como nosso “Sol Central”, nossa identidade, perante a Energia Maior.

Hipófise e Pineal "se acendem"...

O despertar da Consciência ocorre, pela iluminação das duas glândulas localizadas na cabeça:
- a Hipófise, que está  entre as sobrancelhas, ligadas ao chakra frontal ou do terceiro-olho,
- e da glândula Pineal, ligada ao chakra coronário.
Já falamos sobre elas:

Promovendo nossa Iluminação.

Essa ascensão da Kundalini, nos leva a ver que a Energia de Deus está dentro de cada um de nós, e percebermos que somos Abundância e Prosperidade ilimitada. como ELE é!
Já na descida da energia, os chakras vão se abrindo um a um, e nossa essência passa a consolidar-se em nosso caráter, e nossas ações e comportamentos, passam a serem integrados pelos nossos dons. Porém, isso se a despertarmos de forma, calma, firme e segura!



Em nossa vida cotidiana, passamos a usar diariamente nossos talentos.

A auto-realização ou iluminação acontece;  realmente;  quando se completa o ciclo da ascensão  e descida da Kundalini.

Passamos a expressar melhor
nossos Dons e Talentos,
com o despertar da kundalini

O desperta da kundalini  além de nos conferir inúmeras bênçãos, nos cura e nos melhora como seres humanos, passamos a ser mais sábios, dóceis, compassivos e resilientes, já que nossas preocupações mais grosseiras serão deixadas de lado. 

É preciso CUIDADO ao despertar
essa Energia.

Porém, se o despertar se dá de maneira errônea, são as nossas mais vis qualidades, ou seja, nossos “defeitos ou erros” , nossos “demônios”  que virão à tona, ou serão exaltados.  É como se a “nossa sombra, ou apenas a nossa parte mais escura” fosse despertada. Daí a preocupação ou cuidado que precisa;  ao se tentar “acordar” essa energia ou esse “gigante”; que dorme dentro de cada um!

O Despertar da Energia "Serpentina"

O DESPERTAR
Para se despertar a Kundalini não existe regra fixa e nem apenas um caminho. Existem diversos meios para se atingir esse objetivo. No entanto, TODOS dizem que  é necessário  um treinamento longo, muita disciplina e/ou um mestre que tenha sua própria Kundalini desperta, para que o processo se dê,  de uma forma natural, calma e segura, pois do contrário, o “ estrago” na vida de uma pessoa, pode ser grande! 
Nosso lado mais "escuro"pode
sobressair, se for mal
despertada a Kundalini.

Por exemplo: algumas drogas já foram usadas para isso, sem um preparo, com um efeito devastador na vida do indivíduo... Diversas pessoas tiveram alguma forma de desvio psicológico (alucinações, delírios, compulsões, psicose, esquizofrenia, transtornos diversos...)  ou emocional (avareza, ciúme, raiva, falsidade, deslealdade, obsessão...) como resultado de tentar “acordar” a kundalini sem preparo, sem um mestre ou guru, ou através de drogas... portanto, todo cuidado é pouco!


É necessário um mestre para auxiliar
no despertar da kundalini.

Até hoje não se sabe exatamente, “qual o gatinho” que leva o despertar desta energia, já que para alguns esse desperta é longo, tranqüilo, suave... para outros pode se dar de forma mais rápida ou brusca.


Terapias Integrativas ou
Complementares são de grande auxílio

As terapias integrativas em geral, em suas mais diversas formas:  as meditações, as iniciações, os exercícios constantes, as massagens em geral e de diferentes tipos, com uso de pedras, óleos, argilas... o Yôga,  as técnicas do  Xamanismo, as diversas  Técnicas de Respiração como: o Renascimento, a cantação de mantras ou orações, os sons instrumentais, as danças: como as danças circulares, a biodança, a prática dos Ritos Tibetanos como a Dança dos Dervixes ... 

Para os católicos são diversas as histórias de “santos” que, através de  orações profundas, intermitentes comunhões, isolamentos, jejuns, ou a “alimentação viva”...foram constatados casos de expansão da consciências, e  posterior “iluminação”, como os mais famosos: Santa Teresinha, Sta Rita de Cássia, Sto Antônio,  São Francisco, Sta Clara, Padre Pio, Padre Cícero (BR)  entre muitos outros.  

Estes são alguns dos métodos usados; normalmente; para o despertar da Kundalini, sem que ocorram “problemas”... e, Sempre, ou na maioria das vezes,  se faz necessária a presença de um mestre! 


SINTOMAS  do DESPERTAR

As melhores explicações;  para nós ocidentais; que achei de todos os livros e sites que li, sobre os sintomas, o despertar e os cuidados com a Kundalini,  foi o citado na bibliografia abaixo, A Dieta do Arco-Íris, do Dr. Cousens.

Quando a Kundalini desperta, muitas coisas poderão acontecer, entre elas atividades fisiológicas diferentes das normais, porque o intenso movimento da energia,  provoca liberação de toxinas . Poderão então surgir “problemas físicos” como:
- dores de cabeça;  aumento ou diminuição dos batimentos cardíacos; 
- perda ou aumento exagerado do sono, cansaço;
- problemas nervosos: ansiedade, síndrome do pânico, medo, angústia..; 

- formigamento em diversas partes do corpo em especial mãos, pés e pernas;
- distúrbios gastro-intestinais diversos: ânsia de vômito,  difícil digestão;
- problemas de coluna:  principalmente na cervical e na lombar com sensação de queima;
-  aparente infecção urinarias e ginecológicas, com  variações no apetite sexual: negação ao sexo ou compulsão sexual, casos de orgasmos espontâneos;
- extremo calor como se tivesse febril; extremo frio provocando tremores por todo corpo  ou em parte dele... 



- Os nossos sentidos “normais” poderão ser alterados: sensação de ouvir vozes; ver imagens, luzes, símbolos, entidades; ou escrever coisas sem sentido, ou até em línguas desconhecidas...
- A parte emocional também é afetada: sensação de estar ”fora do corpo”, letargia ou hiperatividade... e por aí vai! Muitas pessoas passam a ter paranormalidades como: telepatias, clarividência, telecinese, psicocinese...
Sintomas que, na maioria das vezes, vão e vem automaticamente, e não respondem a  tratamentos médicos “normais” ou alopáticos porque, normalmente, nada acusa em exames feitos...

Poderá despertar a paranormalidade...

Muitas vezes estes fenômenos paranormais ficam com a pessoa ou vão embora do mesmo modo que vieram... Portanto, é mais um motivo que voltamos a dizer: se faz a necessidade de um mestre,  fazer exercícios constantes e usar de uma dieta de comidas saudáveis e naturais, equilibradas com hora de Meditação/contemplação e descanso...  para que estes fenômenos, sejam “explicados” e passados de uma “forma mais leve possível!” 

Despertar da Kundalini,
início de uma Nova Vida!

E diz-se ou conclui-se também que o despertar da Kundalini não é uma meta a ser atingida, não é um fim a ser alcançado, mas a partir do “despertar da consciência”,  o início de uma vida mais espiritualizada, onde começamos a ter uma inteiração maior com a Divindade, a nos entregarmos, confiarmos e recebermos o que é nosso por direito como ‘filhos” da Energia Maior , enfim o despertar da kundalini é o início de uma Nova Forma de Vida!
_____   ***   _____

Para ler a parte anterior: AS FUNÇÕES CORPORAIS  -  OS NADIS  - 11ª parte de - Como Somos Feitos?  Planos e Corpos -

Para ler a primeira parte do assunto: Como somos feitos? 1ª parte Planos e Corpos
http://magiadailha.blogspot.com/2011/10/como-somos-feitos-planos-e-corpos-1.html

Pesquisado, compilado e postado por
Gení Mafra Souza.
Mestre Reiki Usui Tradicional
Facilitadora de Renascimento
Joga Tarô Terapêutico, Runas e Oráculo com Florais de Bach,
para aconselhamento
                                 
Bibliografia mais usada neste assunto:

1- COUSENS, Gabriel, A Dieta do Arco-Íris, 1995, Editora Record, São Paulo, SP.
2- MINETT, Gunnel, Respiração e Espitirualidade, editora Pensamento, São Paulo – SP,  1994.
3-WAUTERS, Ambika, O Livro Completo dos Chakras,Quarto editora, 2010.
4- MACLAREN, Karla, A Aura e os Chakras - Editora pensamento, São Paulo- SP.
5- JOHARI, Harish, Chakra- Energia e Transformação, Editora Pensamento, 2010, São Paulo - SP.
6- BRENANN, Barbara Ann, Mãos de Luz, 1993, Editora Pensamento, São Paulo - SP.

7)Revista de Terapias Alternativas, Cromoterapia,ed. Escala, São Paulo.
8) Revista : Planeta YOGA, para pesquisa, número 127, editora Três. 

2 comentários:

  1. Olá Jessica,

    Eu é que AGRADEÇO o acesso ao blog e o comentário!
    Apareça mais vezes, será um prazer.
    Abraços fraternos de Paz, Luz e Alegrias!
    Gení

    ResponderExcluir