quarta-feira, 2 de março de 2016

O que você quer dar a sua mãe? Leia e Reflita!

Cuidado com o materialismo, com o "comercial"...O melhor presente é seu tempo, carinho, presença e dedicação...um gesto, um abraço sincero e fraternal; uma carta, um bilhete, uma mensagem; um almoço feito a Ela especialmente, com amor!

Eram três filhos que saíram de casa, conseguiram bons empregos e prosperaram. 

Anos depois, eles se encontraram e estavam discutindo sobre os presentes que eles conseguiram comprar para a mãe dos três, que já era bem idosa.

O primeiro disse:

- "Eu consegui comprar uma mansão enorme para nossa mãe", para substituir aquela casa humilde onde ela mora.



Uma mansão???

O segundo  filho disse:
- "Eu mandei para ela uma Mercedes zerada com motorista." Assim ela pode ir com quem e onde ela quiser...




Uma Mercedes???

O terceiro sorriu e disse:

- "Com certeza ganhei de vocês dois. Vocês sabem como a mamãe gosta da Bíblia, mas ela está praticamente cega e não consegue mais ler.
Então, mandei pra ela um papagaio marrom, muito raro, que consegue recitar a Bíblia todinha. Foram 12 anos de treinamento num mosteiro, por 20 monges diferentes. Eu tive de mover "mundos-e-fundos" para consegui-lo, mas valeu a pena. Nossa mãe precisa apenas dizer o capítulo e versículo que o papagaio recita sem um único erro."

 
Um papagaio falante?


Meses depois, cada filho recebe da mãe uma carta:

- "Milton, a casa que você comprou é muito grande. Caminho pouco indo do meu quarto a sala, mas tenho de limpar a casa todinha. Não posso mais fazer isso, estou idosa demais!"

- "Marvin, eu estou muito velha pra sair de casa e viajar. Eu fico em casa o tempo todinho, então nunca uso o Mercedes que você me deu, embora seja lindo."

- "Querido Melvin, você é o único filho que teve bom senso pra saber do que a sua mãe realmente gosta. Aquela galinha deu uma ótima sopa; estava deliciosa; muito obrigada!"

Ass. mamãe

Se você não pode estar presente, uma carta,
um bilhete, uma mensagem com carinho vale muito!

Um Pouco da História do "Dia das Mães"

Anna Jarvis, americana, nascida em Webster, estado da Virgínia, perdera em 1905 sua mãe  Ann Maria Reeves Jarvis,  uma professora da Escola Dominical de Grafton, West Virginia, que durante a Guerra Civil, cuidou de feridos em ambos os lados do conflito. Ela também tentou orquestrar a paz entre a União e as mães de confederados, através da formação de um Dia da Amizade das Mães. 

Em homenagem a ela, Anna  criou um dia que chamou " dia das mães" como "fosse um dia de sentimento, não de lucro."

Em 10 de Maio de 1908,  Anna conseguiu que fosse criado, pelo Congresso Americano,  o "dia das Mães" para homenagear a todas as mães.

Anos mais tarde, quando viu sua ideia usada apenas como comércio, quis voltar atrás, mas não foi possível...  
Para Anna, "o presente que ela queria popularizar no Dia das Mães seria uma visita domiciliar ou uma longa carta para as mães."


Anna Jarvis, Webster - Estado de Virgínia
01/05/1864 - 24/11/1948.

_____   ***   _____


*Não sei a autoria real desta história, encontrei em diversos livros, revistas, jornais e sites.
O mais explicado é o do saudoso Pª Léo:

Pesquisado e compilado por:

Geni Mafra Souza
- Joga Tarô Terapêutico, Runas, e Tarô de
   Florais de Bach para aconselhamento.
- Mestre Reiki - Instrutora de Reiki Usui Tradicional
  níveis I, II e III(mestre)
- Facilitadora de Renascimento pela 
   Respiração Conectada e Consciente - 

Atende em Floripa - SC  - BR, no Espaço Magia da Iha.

contatos:
genisouza49@hotmail.com
facebook: terapias magia da ilha ou
geni mafra souza 
twitter: gení mafra souza
48- 99254194(tim) Whatsapp- 37336833

Nenhum comentário:

Postar um comentário