sábado, 26 de novembro de 2016

ESTUDO da AURA - Como Somos Feitos - Homens - Planos e Corpos - 10ª parte A

Para ler a parte anterior ou IX B Corpos do Plano Espiritual:
http://magiadailha.blogspot.com/2016/11/corpos-do-plano-espiritual-parte-ix-b_16.html

A interligação dos corpos sutis com o corpo físico emite uma LUZ que os envolve: - a Aura, fotogênese, halo ou Corpo de Luz... Podemos dizer também que:-  a Aura é a Luz emanada pelos corpos sutis.

Algumas Auras pela foto kirlian.

Antes de sabermos mais sobre  a AURA, ou nosso Corpo de Luz, veremos um pouco sobre a descoberta dela, ou sua História...

Um Pouco da História do estudo da AURA.

Fotogênese - Aura
Livros religiosos, filosóficos e Tratados muito antigo, já falavam que os místicos, magos e videntes... diziam “todo corpo vivo, emite uma luz colorida ao seu redor”. Como não se podia provar o que era visto, a Ciência não aceitava o fato! Então comecemos quando a Ciência, realmente, começa a comprovar e aceitar essa teoria...

Assim, começamos por volta de 1500 em diante...

Gilbert explica seu Tratado
sobre Magnetismo Corporal.

1570 - 1600 - Willian GILBERT (1544-1603) pesquisador , físico e médico inglês, em seu principal trabalho, o tratado De Magnete, Magneticisque Corporibus et de Magno Magnete Tellure – Physiologia Nova,  reúne mais de seiscentas experiências, de antigos pesquisadores e as experiências realizadas pelo próprio Gilbert, onde compara as forças elétricas e as magnéticas.

Os trabalhos e pesquisas sobre magnetismo e eletricidade, do médico Gilbert,  foram de grande importância para a Humanidade, e parecem ter servido de base aos estudos do “brilhante mais incompreendido cientista”: Tesla.(que falaremos mais adiante).

MESMER
1776 - MESMER (1734 - 1815) Dr. Friedrich ou Franz Anton Mesmer,  um sábio cientista, médico, músico, advogado, filosofo, teólogo e pesquisador  nascido em Iznang, uma vila perto do lago Constança, austríaco (porque na época esta região  pertencia a Áustria, embora hoje, pertença a Alemanha), após longos estudos em diversas áreas, dedica-se a leitura  da Cura Magnética do astrônomo jesuíta húngaro, Maximiliano Hell (1720-1792) professor da Universidade de Viena, bem como tendo estudado os conceito de Fluido etéreo do médico inglês Richard Mead (1673-1754) que dizia:

Mesmer e a passagem do Fluído Magnético Universal
 para o Animal (Homem)

 
 “Um fluido Universal,  invisível e de natureza magnética, vindo das estrelas, influenciaria os fenômenos físicos e os organismos vivos. Esse fluído seria produzidos pelos imãs (magnetismo mineral) e pelos seres vivos (magnetismo animal). Um enfraquecimento deste fluído no ser humano, o colocaria em desequilíbrio com o Fluído Universal”.

Baseado nesta teoria, Mesmer admitia: "a existência de uma força magnética que se manifestava através da atuação de um fluido universalmente distribuído, que se insinuava na substância dos nervos e dava, ao corpo humano, propriedades análogas ao do imã. Esse fluido, sob controle, poderia ser usado com finalidade terapêutica..."  


Partindo dessa teoria, e baseado ainda, em estudos de Newton e Paracelso, Mesmer divulga uma série de técnicas relativas à utilização do magnetismo humano pelas mãos,  tornando  isso sua Tese de Doutorado, e para esclarecê-la publica: “Cartas sobre a Cura Magnética”; o que não é aceito por metade da comunidade científica de seu tempo.  
Mesmer desiludido com a ciência (ou com os cientistas?) e com políticos da época (chegou a ser preso em Viena - 1793) , se afasta e fica entre Suíça e Alemanha, vindo morrer lúcido, aos 81 anos, ignorados por  uns, seguidos por outros, na sua teoria chamada mesmerismo, em Meersburg - Alemanha.


1777 - Georg C. LICHTENBERG, cientista e físico alemão, cria o processo de xerografia, semelhante ao realizado anos após, pelo Pª Landell de Moura - Brasil -  e depois pelo casal Kirlian, na antiga União Soviética.(falaremos deles adiante)

1779 - MESMER  fica na História como “o pai” do Magnetismo Animal, ou memerismo,  que segundo ele, “o  fluído magnético se transmitia as pessoas pela água acidulada em uma tina”.  
* O mesmerismo, mais tarde, passa a ser imediatamente, aceito pela ciência como Hipnotismo.


Tesla e um de seus maiores inventos: o motor-elétrico.

1880 -  Nikola TESLA, (1856-1943) um sérvio (ou croata?) , um grande cientista, engenheiro (autodidata) poliglota - falava 8 línguas fluentemente, e inventor, na área de engenharia mecânica e eletrotécnica.  Nos estados Unidos, onde trabalhou com Thomas Edson (inventor das lâmpadas incandescentes), mostrou publicamente um “ halo luminoso” ao redor do corpo humano, quando este era exposto a um campo eletromagnético de alta voltagem e freqüência. Deu ao fato o nome genérico de “Efeito Corona”,  já que considerou o assunto apenas uma curiosidade científica. 

TESLA - Foi uma das mentes mais brilhantes da Ciência e da Engenharia, foi considerado um cientista “louco”, caiu no ostracismo; injustamente; e morreu empobrecido, aos 86 anos, nos Estados Unidos.


Yakov Nardkevitch e sua eletrografia.

1898 - Yakov Nardkevitch,  engenheiro e pesquisador russo, consegue fixar a luminescência de mãos humanas produzidas por um gerador de alta voltagem, numa placa fotográfica, e mostra essa eletrografia obtida, numa feira na Rússia.

 Pª Roberto LANDELL de MOURA

1904 - Pª Roberto LANDELL de MOURA (1861-1928 POA- RS- BR) , físico e engenheiro politécnico gaúcho, inventou uma máquina que chamou de Máquina de Bioeletrografia, com ela tirou fotos onde apareciam “halos” em torno dos seres humanos que batizou com o nome de “Perianto” (na verdade, o padre foi também o inventor do rádio e do telefone sem fio).

Foram tão importantes o trabalho do padre/cientista que, tem um busto dele, junto com o do casal Kirlian, no Museu de Kirlian em Krasnodar, na Rússia.
Os trabalhos do padre/engenheiro foram impedido de avançar por motivos puramente doutrinatários e preconceituosos da igreja Católica.(se quiser saber mais, veja site oficial da IUMAB no Brasil).

Semyon e Valentina Kirlian e a Kirliangrafia 

1939 - As descobertas de Semyon (1898 - 1978) cientista, pesquisador, fotógrafo e inventor; e Valentina Kirlian, (? – 1972) professora e jornalista, na Rússia, com as fotos kirlian ou fotograma, só foram divulgadas ao mundo à partir de 1960, devido a publicação do livro “Experiências Psíquicas além da Cortina de Ferro” de Sheyla Östrander e Lyn Schroeder, pois antes eram impedidos pelo “sistema” político daquele país, só daí em diante é que o trabalho dos Kirlian se popularizou pelo mundo. 


Prof. Milhomens
1967 - Prof. Newton Milhomens, professor de Física e parapsicologia científica,  em Brasília DF, fabricou sua máquina kirlian, à partir do esquema soviético, que passaram a ser usadas em clínicas médicas, terapeuticas e hospitais.  Prof. Milhomens foi o primeiro no mundo a interpretar e ensinar, como fazer diagnósticos de problemas de saúde; orgânica e psiquiátrica; através das fotos kirlian. 


Dr. Paulo de C. Teixeira
1970 - Dr Paulo de Castro Teixeira, farmacêutico homeopata, dono de um laboratório de produtos homeopáticos, em São José do Rio Preto SP, BR, construiu uma máquina Kirlian e tirou fotos antes e depois da ingestão, por pacientes, de medicamentos homeopáticos, sendo um sucesso dentro da homeopatia.


1972 - Dr. Ernani G. Andrade, engenheiro, construiu sua máquina Kirlian e divulgou suas pesquisas em Congressos e Revistas Espíritas. 

1975 - Drª. Thelma Moss,  Estados Unidos, psicóloga e prof da Universidd da Califórnia, publica:  The Probability of the Impossible (A Probabilidade do Impossível) depois de suas pesquisas com bioeletrografia. Infelizmente foi incompreendida nos meios acadêmicos!

Dr. Kostantin Kortolkov

1985 - Dr. Kostantin Kortolkov
, descobre que o efeito kirlian é o resultado da Ionização de Gases e vapores emanados da própria pele através dos poros, batizou de modelo GDV ( Gás Discharge Visualization).
 
1986  - Durante Congresso em Curitiba PR , o “Padrão Newton Milhomens” passa a ser o “Padrão Brasileiro Oficial de Kirliangrafia”.


1989 - O Prof. Newton Milhomens, foi o convidado de honra para um Congresso de Parapsicologia, patrocinado pela Faculdade de Medicina Naturista, em Lisboa. Após sua palestra, a Kirliangrafia foi introduzida como Disciplina Oficial naquela Universidade, onde ministrou um Curso de Interpretação de Fotos Kirlian, para os alunos de Medicina Naturista, da universidade portuguesa. 

 1993 - A  doutora em física, a americana Barbara Ann Brennan, apresenta seus estudos profundos, depois de quinze anos também de trabalhos práticos, sobre o campo energético ou Aura, no livro “Mãos de Luz”,  onde de forma clara e didática, explica nosso  Campo Energético, seus desequilíbrios e possíveis “curas”. A obra torna-se  clássica e rapidamente vira best-sellers.

1995 Finlândia - É fundada a IUMAB – International Union of Medical and Applied Bioelectrography (ou, em Português: UIBAM - União Internacional de Bioeletrografia Aplicada à Medicina ), o Órgão máximo, em âmbito mundial, da Bioeletrografia.

1995 Rússia  -  Após muitos anos de pesquisa, Dr. Konstantin Korotkov  consegue fabricar uma Máquina Kirlian que dispensa o uso do filme fotográfico e coloca a imagem diretamente na tela de um computador. É um novo marco na História da Bioeletrografia .


2000 Rússia - O Prof. Newton Milhomens foi o convidado de honra para um Congresso realizado em São Petersburgo, na Rússia. Durante um jantar, num navio, no Lago Ládoga, foi homenageado por ter sido, o primeiro pesquisador do mundo, a conseguir diagnosticar problemas de saúde; orgânica e psíquica; através das Fotos Kirlian, a partir de 1983, quando publicou o livro “Fotos Kirlian -  Como Interpretar”, pela IBRASA.

2000 Brasil  - Sob os auspícios da IUMAB realizou-se, em Curitiba (PR), o V Congresso Mundial de Kirliangrafia-2000, e a Diretoria da IUMAB, por unanimidade, resolveu mudar, a partir do dia 01/12/2000, o nome de Kirliangrafia para Bioeletrografia, em homenagem ao Pe. Landell, o primeiro a utilizar esse nome e a pesquisar sobre o assunto.

2004 - A médica equatoriana Dr. Edith Noboa, na Colômbia, passa a usar a bioletrografia, (como ex-aluna de Prof. Milhomens) como instrumento auxiliar para diagnóstico de doenças degenerativas, em seus pacientes, com sucesso!


A partir do ano 2000, as fotos Kirlian foram se desenvolvendo, até chegarmos em 2009, com as fotos com fibras óticas com altas voltagens de eletricidade, que mostram a energia dos corpos, mas que ao mesmo tempo podem matá-los... Por isso é um processo perigoso e difícil de serem realizados.
 “Robert Buelteman trabalha em estúdio, na escuridão total, largando mão de câmeras, lentes e computadores. Ele usa, na verdade, fibras ópticas e 80 mil volts de eletricidade. O resultado é uma série de fotos incríveis, que registram a vida dos objetos da foto ao mesmo tempo em que os mata.” HypeScience - A ciência é a grande estrela do mundo real – 2009 –


Em 2016, alguns cientistas e médicos soviéticos, dizem ter fotografado o momento que a Alma deixa o corpo, com câmara Kirlian ajustadas a microscópios eletrônicos de grande potência, na Universidade de Kirov, mas parece que o mundo científico, ainda não comprovou e aceitou o fato...
_____   ***    _____

Para ler a primeira parte do assunto: Como Somos Feitos? - Planos e Corpos

Postado por Gení Mafra Souza
Fontes de Consulta:
Além do resultado de apontamentos, estudos, observações e pesquisas diversas: dos anos que trabalho como terapeuta holística; também baseado nas obras:

- BRENNAN, Barbara Ann , 1ª edição, 1993, Editora Pensamento, São Paulo SP.
SOSKIN, Julie-Você é Sensitivo?- 2ª edição, 2003, Editora Pensamento-Cultrix Ltda, São Paulo,SP.
PRAAGH, James Van - Em busca da Espiritualidade, 1999, Editora Sextante, Rio de Janeiro, RJ.
BOWERS, Barbara- Qual é a cor da sua Aura?- 6ª edição, 1993, Editora Saraiva, São Paulo, SP.
MINETT, Gunnel - Respiração e Espitirualidade- 1999, editora Pensamento, São Paulo, SP.
Revista de Terapias Alternativas, Cromoterapia, ed. Escala, São Paulo.
Revista : Planeta YOGA, para pesquisa, número 127, ed. TRÊS


Bons sites consultados e para serem lidos:

http://www.kirlian.com.br/informativa_por.asp
http://www.somostodosum.com.br/clube/artigos/autoconhecimento/breve-historico-sobre-a-bioeletrografia-antiga-foto-kirlian-41144.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário