domingo, 4 de dezembro de 2016

AS FUNÇÕES CORPORAIS - OS NADIS - 11ª parte de - Como Somos Feitos? Planos e Corpos -

Através do estudo dos Corpos e da Aura verifica-se a capacidade que o corpo tem de absorver o PRANA - a energia que dá vida - para os indianos, “Chi” para os chineses, “Ki” para os japoneses, “pneuma” para os gregos, e “mana” na polinésia...


AURA - ou nosso Corpo de LUZ!

No ar, nos alimentos, no Sol e nos líquidos existem substâncias de que o corpo necessita, há uma essência que promove a vida, que é indispensável a sua sobrevivência, essência que ele (o corpo) é capaz de extrair. 

A Respiração Plena é muito Importante.

Para receber plenamente a substância doadora de vida que há no ar, a pessoa tem que respirar plenamente, de um modo relaxado o suficiente para conservar certa abertura e receptividade nos sete corpos dos três planos. (citados  nas primeiras partes do assunto) http://magiadailha.blogspot.com/2011/10/como-somos-feitos-planos-e-corpos-1.html

Essa Respiração Plena é chamada de RESPIRAÇÃO INTERIOR.

É essa respiração excelente que REVITALIZA e REVIGORA o corpo e a sua psique.


Se o PRANA ou energia vital, não consegue fluir livremente e normalmente, ocorrerem os desequilíbrios que o ocidente chama de “doenças”. Também falaremos disso mais à frente...

A Importância do bem Respirar...

Por meio do desenvolvimento das funções corporais, que se consegue através de exercícios de purificação especialmente elaborados - na Yôga, Tai Chi, Lian Gong, Chi Kung etc, mais comuns no oriente; Renascimento, Fisioterapia, RPG, Osteopatia, Quiropraxia, Massagens, Shiatsu, Pilates...no  ocidente -  a capacidade de conseguir a Respiração Interior pode ser aumentada.

Isso tem um efeito de Rejuvenescimento e facilita o despertar das forças da Kundalini ( também ainda falaremos sobre ela )

Nossa Aura é afetada pelo nosso estado físico,
mental/emocional e espiritual

O corpo está circundado por um campo magnético de energia, -  a Aura - já falado, que é afetada pelo estado físico, mental/emocional e espiritual do corpo. Ela pode ser comparada ao caráter ou personalidade de uma pessoa. Como também já falado, uma das funções da Aura é  Transferir ao Corpo o abastecimento de energia presentes nos raios de Sol, a partir da radiação eletromagnética do ar. (se quer ler mais sobre a Aura)
http://magiadailha.blogspot.com/2016/12/a-aura-e-suas-particularidades-10-parte.html


-  OS NADIS ou MERIDIANOS  -

Os Nadis ou Meridianos do
Corpo Humano Masculino

Além do sistema circulatório conhecido pela ciência ocidental, o corpo humano tem, nos seus corpos sutis, já falados nas primeiras partes deste assunto, uma rede de aproximadamente setenta e dois mil (alguns falam em até 340.000) canais energéticos -  os NADIS - sanscríticos (nad do sânscrito= canaleta, canal fino, fuxo), os Ching Luo ou Meridianos Chineses, que alguns defendem que “não é a mesma coisa!” (ainda não aceito pela comunidade cientifica ocidental) 

Os Meridianos da Tradicional
Medicina Chinesa.

“O propósito desses Canais ou Nadis, é transportar a Energia Vital - PRANA -  a todas as partes do corpo.” ( Respiração e espiritualidade - Gunnel Minett )

Esses NADIS são, então como vimos,  inumeráveis, mas dos milhares que existem, 72 são os principais e, dentre eles 14 são os mais levados em consideração e, dentre estes ainda, três têm maior importância: IDA, PINGALA e SUSHUMNA

IDA nadi claro, aqui azul,
PINGALA nadi Vermelho
SUSHUMNA Canal Central

As nadis da Ida e da Pingala são frequentemente relacionados aos dois hemisférios do cérebro.

-  IDA  -  é o o princípio feminino, tranquilizando para baixo, tendo como qualidades a introversão e a serenidade. É a nadi lunar, correspondendo ao lado do esquerdo do cérebro. É simbolizada pelo branco-pálido. (na fig. acima azul)

 -  PINGALA  -  é o princípio masculino, aquecendo-se para acima, tem como qualidades a extroversão e a energização. É a nadi solar, e corresponde ao lado direito do cérebro.; simbolizada pelo vermelho-sangue. 

Ida e Pingala para alguns, parecem ser o Meridiano da Bexiga para a Medicina Chinesa.(embora muitos discutem que não!)

Na figura está representado:
Ida (cor rosa)
Pingala (cor azul)
Sushumna (cor amarelo)

-  SUSHUMNA  -  é talvez o mais importante dos canais de energia. Ela segue o eixo da coluna vertebral (cérebro-espinhal) e flui da extremidade inferior da mesma até chegar a extremidade da cabeça, na assim-chamada coroa-craniana. Sushumna é descrito como de cor vermelha (a cor do fogo - Agni - ) Na medicina chinesa, (embora alguns sejam contra) parece ser o mesmo que Meridiano do Vaso Governador.

Essas duas nadis -  Ida e Pingala - , que representam os dois pólos opostos da manifestação, estão ativas no homem comum, ao passo que Sushumma, a via mediana, está inativa e nela o prana não circula.

Visto de costas: Ida azul
Pingala vermelha Sushumna central


Todas as nadis têm origem na parte inferior do tronco de onde se elevam, ramificando-se por todo o corpo. Porém, Sushumna sobe direto até o topo da cabeça, enquanto Ida e Píngala, uma partindo do testículo direito e a outra do esquerdo, no homem, na mulher, obviamente, passa pelos ovários, e  vão dar respectivamente na narina esquerda e direita.
No entanto, essas duas nadis não seguem caminho paralelo a Sushumna, mas se entrecruzam, como a serpente do Caduceu de Mercúrio


Pingala começa e termina no lado direito
Ida sai pelo esquerdo e chega neste lado.

A comunicação ou entrosamento entre Ida e Pingala, nos dá o equilíbrio de vida entre: o lado direito e esquerdo do corpo, a razão e a intuição, a consciência e a libido...mas isso pode variar ao longo do dia.

- Caduceu de Mercúrio ou o Emblema de Hermes -

- É um dos dois símbolos da medicina, é o símbolo alquímico da transmutação. (embora a comunidade científica ocidental não aceite os nadis, eles aparecem num dos símbolos mais comum da medicina, engraçado isso né ? ) 



Hermes na mitologia romana e Mercúrio na mitologia grega, falam de um deus que tem asas nos pés (ou nas sandálias) e asas na cabeça, ou num chapéu chamado Pétaso, carrega consigo, além de uma bolsa, uma capa, uma varinha mágica e/ou um Caduceu (emblema com uma haste duas cobras enroladas nela, com asas na parte superior) que lhe davam inúmeros poderes.

Hermes ou Mercúrio com suas famosas
Asas e, nas mãos, o célebre Caduceu

Para a maioria dos estudiosos, as duas cobras do emblema de hermes, nos remete as duas Nadis: Ida e Pingala, enquanto a vara central representa a Coluna Vertebral.

Associado aos símbolos superiores de Mercúrio e Vênus, refere-se à criatura, ou seja, o resultado da união entre os pólos feminino e masculino, entre as forças lunares e solares, e o ponto de equilíbrio entre eles. Por estar localizado no centro da figura, Sushumna também pode ser interpretado como a "coluna vertebral", ou, Kundalini,  responsável pela união da energia sexual entre as polaridades. 

Seria o Caduceu a representação dos Nadis
já visto por alguns videntes antigos?

Quando IDA e PÍNGALA se encontram, formam entroncamentos, sendo os principais em número de sete (chacras) , localizados ao longo da espinha, desde a sua base até o topo da cabeça.
A localização dos chacras corresponde aos principais órgãos internos - glândulas -  e aos diversos centros nervosos. (já falamos no início do assunto e falaremos mais)

Cada entroncamento dos Nadis,
formam um redemoinho ou Chakra

Esse número de 7 principais Chakras, pode variar de acordo com a escola, a linha de filosofia ou o autor. Exemplo: as escolas de yoga identificam 7 chacras; a escola tibetana diz que os principais chacras são apenas 5. Algumas terapias usam 8 Chakras, em vez de 7, porque consideram o Chakra Cardíaco (um) e o Timo, sua glândula um outro chakra.

Um chacra pode ser descrito como um REDEMOINHO de ENERGIA, mas como o assunto é longo e importante, merece um estudo em separado, e isto será feito nos próximos assuntos.

CADUCEU - o símbolo da Medicina

_____   ***   _____

Compilado e postado por Gení Mafra Souza.

Bibliografia: -  entre outros, a base de hoje:
1) MINETT, Gunnel, Respiração e Espitirualidade, editora Pensamento, São Paulo – SP,  1994.
2)WAUTERS, Ambika, O Livro Completo dos Chakras, Quarto editora, 2010.
3) MACLAREN, Karla, A Aura e os Chakras - Editora pensamento, São Paulo- SP.
4) JOHARI, Harish, Chakra- Energia e Transformação, Editora Pensamento, 2010, São Paulo - SP.
5) BRENANN, Barbara Ann, Mãos de Luz, 1993, Editora Pensamento, São Paulo – SP.
6) Revista de Terapias Alternativas, Cromoterapia,ed. Escala, São Paulo.
7) Revista : Planeta YOGA, para pesquisa, número 127, ed. Três. 
Sites consultados para leitura foram citados anteriormente...Além dos sites indicados nos assuntos anteriores, neste um bom site é:

As Imagens são da Net

Lembrando que ainda falaremos sobre assuntos de extrema importância neste contexto: 
- a Kundalini,  os Chakras, (o Akasha)  Métodos de Cura para os Corpos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário