quinta-feira, 7 de junho de 2012

As Glândulas Místicas- Hipófise e PINEAL- 5ªparte B-Como Somos Feitos?

Para ler a primeira parte do assunto "COMO SOMOS FEITOS - Planos e Corpos", clic:


Pineal e Pituitária- As glândulas "Místicas".

5B) Glândulas Místicas: - PINEAL ou EPÍFISE

Muitas pessoas confundem Hipófise - falada anteriormente - ( leia http://magiadailha.blogspot.com/2011/11/as-glandulas-misticas-5parte-como-somos.html ) com a Epífise ou Pineal. Os cientistas, assim como os especialistas em endocrinologia, trouxeram muita luz sobre esse assunto, embora ainda se saiba muito pouco sobre esse tão complexo órgão.

Pineal localizada atrás, um pouco acima, da Pituitária.

A Glândula Epífise ou PINEAL como é mais conhecida, apresenta-se como um corpo diminuto, de forma cônica, situada no meio da cabeça, exatamente atrás e acima da Pituitária. Medindo aproximadamente de 5 a 8 mm e pesa em torno de 140 a 200 mg.


Pineal se liga aos olhos por nervos.

A Pineal, conecta-se com os olhos através de nervos, e por ter um pigmento similar ao encontrado nos olhos, é que foi ( também ela, semelhante a epífise ou pituitária) comparado a um terceiro olho.

Também aparenta ser um "Terceiro-olho"

E por ter também o controle da Ação da Luz sobre o Corpo, os cientistas realmente supõe, tratar-se de um remanescente de um Terceiro Olho Físico.

Um a das finalidades conhecidas da Pineal é atuar como um Freio no desenvolvimento sexual, daí se tiver “doente” ou inativa, provoca um desenvolvimento sexual precoce, podendo parece, segundo alguns, provocar também alguns desvios de ordem sexual.


A Pineal também atua no desenvolvimento sexual.

René Descartes, filósofo, físico, místico e matemático francês, referiu-se a glândula Pineal como: "Sede da Alma Racional ou glândula do Saber e do Conhecimento". Nostradamus citou-a como muito importante nos tempos atuais, e que ela seria considerada como "A antena mais fina e mais alta do nosso Sistema Nervoso Central” . 

Pineal - antena do sistema nervoso central

Do ponto de vista tradicional, a Pineal é órgão da Percepção e da Razão. Para a Ciência Moderna, ela é: Reguladora das reguladoras; Glândula das glândulas. É chamada também de Sexto Sentido e, é responsável pela Clarividência dos paranormais.

Pineal responsável pela Clarividência
dos paranormais.

 Dizem que quando, por motivos específicos, as duas glândulas místicas: Pituitária e Pineal atingem seu completo desenvolvimento e estímulo, suas Vibrações se fundem e trazem à vida o misterioso "Terceiro Olho", o “olho da Mente” ou “Olho do coração”.

PINEAL nosso sensor para o Mundo Espiritual.

Segundo pesquisas do Dr. Sergio F. de Oliveira, [ médico e neurocientista que atua nas áreas de neuropsicologia e neurofisiologia, sendo pesquisador independente de física quântica]. do Instituto de Ciências Médicas da Universidade de São Paulo (Brasil), a PINEAL_ "é um Sensor capaz de Ver o Mundo Espiritual e de Coligá-lo a Estrutura Biológica. É uma Glândula que vive no dualismo Espírito/ Matéria".


Pineal-glândula do dualismo:
Espírito/Matéria

As tradições respeitavam a glândula pineal e a consideravam alinhada ao mais elevado centro espiritual. Os hindus entendiam que dentro do Lótus de Mil Folhas ou Chakra da Coroa, encontrava-se o verdadeiro centro do coração.

A Pineal e o Chakra da Coroa.

Na tradição judaica usa-se até hoje o kipá, [usado no topo da cabeça] para lembrar o usuário de sua reverência diante de Deus.

A Pineal e a Pituitária seriam "nossas Asas"?

Na mitologia grega, Hermes [Mercúrio] era representado com um capacete alado, símbolo de invulnerabilidade e de potência. Hades [Plutão] possuía um barrete que adornava sua cabeça e o tornava invisível.

Halo luminoso dos santos- Pineal ?

Os católicos representam os santos com auréolas ou halos dourados. Desta forma, a “coroa” no alto da cabeça tem um significado que não poderíamos omitir. Sua forma circular indica a participação da natureza celeste, um “Dom” vindo de cima, um poder, o acesso a um nível e a forças superiores.


Nosso Eu Espiritual e a Pineal

As pesquisas recentes sobre as funções da glândula Pineal e de seu principal produto, o hormônio Melatonina, despertaram um grande interesse público nesta última década em função da descoberta do papel da melatonina na regulação do sono e do ritmo biológico no ser humano, pois mostrou-se  benéfica também como coadjuvante no tratamento da depressão, ansiedade, hiperatividade, confusão mental e fadiga.

Confusão mental e a falta de melatonina.

O aumento do mal de ALZHEIMER, também provocou mais estudos dos cientistas sobre o assunto-Pineal- já que a ciência já sabe que tal doença está ligada a problemas na produção do mesmo hormônio citado: a melatonina.


A Melatonina e o Alzheimer

A melatonina é produzida principalmente pela glândula pineal durante a noite, isto é, no escuro. A escuridão é o requisito absoluto para a sua produção e liberação e a luz rapidamente suprime a sua síntese. Esta é a razão da concentração de melatonina no sangue e nas células serem 3 a 10 vezes maiores à noite. Quando o indivíduo acorda e recebe a luz intensa do sol da manhã a melatonina se transforma em serotonina, hormônio do bom humor. A melatonina também é produzida na retina e no trato gastrointestinal.

A Pineal nosso sensor ?

Durante o envelhecimento a produção de melatonina sofre um declínio gradual. Nas pessoas com idade superior a 75 anos, o seu ritmo de síntese nas 24 horas é somente uma pequena fração daquele observado nas pessoas de 20 a 30 anos, o que faz atribuir à melatonina um possível papel nas fases iniciais e no desenvolvimento das doenças degenerativas da idade.


A melatonina e o envelhecimento.

Assim a melatonina pode ser considerada como um excelente antioxidante ( ou antienvelhecimento já que pode reduzir a velocidade com que surgem os efeitos do envelhecimento) tanto pelos seus efeitos fisiológicos e farmacológicos como pela ausência de efeitos colaterais.




Vimos então que os cientistas já relataram vários efeitos benéficos da melatonina, mesmo assim, ainda há muito a ser estudado sobre este ( e outros) hormônio e sobre  tão importante Glândula- a PINEAL-considerada também a “caixa-preta” do nosso organismo- porque pouco conhecimento temos sobre ela, seus hormônios e sua atuação nos nossos corpos. Ai parece estar a chave de muitos de “nossos segredos”...

Pineal- a chave dos nossos segredos?

Assim, concluímos a explicação sobre o nosso CORPO FÍSICO e o Sistema Nervoso e Glandular ligados a ele, para melhor entendermos os outros Corpos e os Chakras.

Já falamos um pouco também do nosso segundo corpo: o Corpo Etérico ou Duplo Etérico, no endereço:

Daremos continuidade ao assunto falando dos demais corpos e os outros planos, para chegarmos na Aura e nos Chakras.

Para ler um pouco mais sobre Corpo Etérico, na VI parte:
COMO SOMOS FEITOS - PLANOS e CORPOS - VI parte - Corpo ETÉRICO
http://magiadailha.blogspot.com/2014/05/como-somos-feitos-planos-e-corpos-vi.html

Para ver uma palestra com Dr. Sérgio F. de Oliveira, citado no assunto:
http://magiadailha.blogspot.com/2015/03/a-glandula-pineal-dr-sergio-felipe-de.html

E para saber mais sobre a Pineal, com exercício no final:
http://magiadailha.blogspot.com/2015/03/glandula-pineal-o-portal-dimensional-do.html

_____  ***  _____
 

Pesquisado e compilado por geni mafra souza

Fonte de Consulta desta postagem

Além do resultado de apontamentos, estudos, observações e pesquisas diversas dos anos que trabalho como terapeuta holística; também baseado nas obras:

- SOSKIN, Julie-Você é Sensitivo?- 2ª edição, 2003, Editora Pensamento-Cultrix Ltda, São Paulo,SP.
- PRAAGH, James Van -Em busca da Espiritualidade- 1ª edição, 1999, Editora Sextante, Rio de Janeiro, RJ.
- BOWERS, Barbara- Qual é a cor da sua Aura?- 6ª edição, 1993, Editora Saraiva, São Paulo, SP.
- MINETT, Gunnel - Respiração e Espitirualidade- 1999, editora Pensamento, São Paulo, SP.
- Revista de Terapias Alternativas, Cromoterapia, ed. Escala, São Paulo.
- Revista : Planeta YOGA, para pesquisa, número 127, ed. TRÊS

Bons sites consultados e para serem lidos:
http://www.ogrupo.org.br/glandula_pineal_epifise.asp%20-
www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004
resistacontraosistema.blogspot.com/2011/06/glandula-pineal.html
pensenisso.itaporanga.net/?p=711
www.mcguido.vet.br/endocrinologia.htm
anabolismo.org/.../a-glandula-pineal-e-o-metabolismo-de-carboidrato..
www.comunidadeespirita.com.br/.../TEMA%20centros%20de%20for
www.saindodamatrix.com.br/archives/2006/.../pineal_a_morada.html
http://www.espirito.org.br/

Imagens da Net

11 comentários:

  1. Boas informações. Achei seu blog no google pesquisa.

    ResponderExcluir
  2. Olá Anabela,

    Obrigada por acessar o blog e pelo seu comentário. Comentar nos dá ânimo para continuar, sabendo que o que estamos pesquisando e publicando está auxiliando ou agradando à outros.
    Volte mais vezes será bem vinda!
    Abçs fraternos
    Gení

    ResponderExcluir
  3. Seu trabalho é Maravilhoso, amei a pagina. Parabéns. Gratidão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Valdete,

      Obrigada pelo acesso ao blog e pelo comentário. Preciso lembrar de dar continuidade a este assunto e falar sobre a Aura e os Chrakras, assim que der um tempo!
      Abçs de PAZ, LUZ, CURAS e ALEGRIAS!
      Apareça mais vezes, será um prazer!
      Gení

      Excluir
  4. Oi Geni, vc acha que tomar a melatonina em cápsula antes de dormir pode influenciar a glândula pineal visto do ponto energético?

    ResponderExcluir
  5. Olá Deisi,

    Obrigada pelo acesso ao blog MAGIA da ILHA e pelo comentário.
    Não vejo tanto problema em fazer uso da melatonina já que ela está mais para complemento alimentar, como as vitaminas, do que para remédio, sendo que se iniciando com pequenas doses, parece, não produzir efeitos colaterais.
    Pesquisas tem demonstrado que é melhor você ter um sono reparador, mesmo do ponto de vista energético, estar descansado no outro dia, do que noites mal dormidas e, para isso, a melatonina funciona melhor do que os sedativos sintéticos, como os barbitúricos e as benzodiazepinas e também não podem ser tomadas junto com esses medicamentos.

    Por isso penso que é preciso o acompanhamento de um médico, ou terapeuta de confiança ( iridólogo, terapeuta quântico, ortomolecular, naturólogo, acupunturista...) para o uso da dosagem certa.

    Espero ter respondido...Apareça mais vezes, será um prazer! Fique, hoje e sempre, na PAZ, LUZ e ALEGRIAS dos Santos Seres!
    Abraços fraternos
    Gení

    ResponderExcluir
  6. Obrigada Geni, respondido sim.

    Abraço, Paz pra vc tb.
    Deisi

    ResponderExcluir
  7. Sem comentários no bom sentido. Aprendi muito ao acessar esse blog.

    ResponderExcluir
  8. Minha mãe sofre de Alzheimer; sua irmã mais velha morreu com ou de Alzheimer, e uma mais nova, de nome Cícera também está sofrendo de Alzheimer. Será um problema hereditário? mas pelo que observo, o mal incide nas mulheres da família.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Timóteo,
      Obrigada pelo acesso ao blog MAGIA da ILHA e pelo comentário.
      Bom, pelas pesquisas que tenho feito, o Mal de Alzheimer realmente, atinge mais as mulheres que aos homens, numa porcentagem bem mais assustadora, porém os homens não estão livres...e parece também ser hereditário.
      Quanto aos tratamentos para conter a doença, ainda estamos “engatinhando” já que conhecemos muito pouco sobre as duas glândulas mestras de nosso corpo: a Hipófise e, neste caso em particular, a Pineal.
      Alguns ramos da Medicina Alternativa ou Complementar como a Naturologia; a Antroposofia; a Medicina Tradicional Chinesa; a Ortomolecular...como o uso de alguns alimentos, parecem ter conseguido “brecar” um pouco a “doença” ou, pelo menos, dar um pouco mais de qualidade de vida a seus pacientes... Como exemplos temos o uso: da Vit. E, e D; e o complexo B; do Zinco e o Magnésio; o Ginkgo Biloba; a Curcuma; a Centella Asiática; do brócolis, o espinafre, a acelga; o suco de maçã natural; o suco de romã; do açaí e do blueberry; as uvas escuras; da batata-doce; o gojiberry, as amoras; o noni; do mel, do limão, da babosa, do cogumelo-do-sol; das castanhas e nozes, da banana, os óleos de coco, de peixe ou ômega3 e o 6, e o de oliva extra-virgem; o mel, em especial a Geléia Real; as sementes como Linhaça, Gergelim e a Chia; o chá verde; o alho; as gelatinas em especial as de algas; a babosa... enfim, são muitos os alimentos e ervas indicaos
      Também as Terapias Complementares como: o Reiki; a Refloxologia; a Acupuntura; o Renascimento pela Respiração...são algumas terapias para prevenir ou dar mais qualidade de vida ao portadores desse “desequilíbrio”, até porque alguns autores defendem que o mal pode ser também bastante “espiritual” já que as duas glândulas mestras estão ligadas a nossa espiritualidade...

      Enfim, sei que é difícil sua situação, mas procure a espiritualidade para ajudar a vocês a passarem esse momento para dar a vossa mãe e tias, quem sabe, um pouco mais de qualidade de vida e de Paz!
      Abçs
      Geni

      Excluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir