domingo, 11 de novembro de 2012

ORAÇÃO da SERENIDADE (íntegra)

Oração da Serenidade
Origem da Oração

Parece que a origem e autoria desta oração se perdeu nas guerras ou no tempo...mas algumas das hipóteses podem ser citados:

- O teólogo protestante Reinolld Niebuhr (1892-1971) reivindicava para si a autoria.
- Sua primeira forma teve origem em Boécio (480-524) filósofo romano, no livro “Os Consolos da Filosofia”
- Também pode ter sido escrita pelo professor Dr. Theodor Wilhelm, que ao dar renascimento a vida espiritual na Alemanha Ocidental, após a segunda guerra mundial, aprendeu parece uma parte da oração com soldados canadenses, depois a editou em um livro seu, sem citar o autor.
- Para alguns, o mais provável autor é o pietista do século dezoito: Friedich Oetinger.
- Segundo comentário abaixo: foi copiada de um orbituário em 1941. E está na literatura dos AA,
colocado por Jack Alexander ...

Criadores dos Alccólicos Anônimos.

A Oração ficou mais conhecida, mundialmente, quando foi adotada pelo grupo de ajuda mútua dos Alcoólicos Anônimos –AA- grupo que  teve  sua raiz  em 1935 nos Estados Unidos da América, embora a oração parece ter vindo dos AA do Canadá, logo após essa data.

Mas, enfim, isso tudo não importa tanto; já que por falta de autor, tornou-se de domínio público; e o que importa é que essa Oração, se repetida como uma Meditação, um Mantra, principalmente a primeira parte dela; nós da, realmente, uma estrema Serenidade à mente, ao coração, e ao espírito...

Senhor, daí-me Serenidade...

Oração da Serenidade

Concede-me Senhor!
SERENIDADE necessária
para aceitar as coisas que eu não
posso modif
icar
(o outro)

Não podemos mudar "o outro"...

CORAGEM para modificar
aquelas que eu posso ( eu mesmo)

Só posso mudar eu mesmo

E SABEDORIA para
distinguir uma da outra

Que eu saiba distinguir entre eu e "o outro"

VIVENDO um dia de cada vez,
DESFRUTANDO um momento de cada vez,
ACEITANDO que as dificuldades formam o caminho
para encontrar a PAZ

Encontrando a PAZ.

ACEITANDO como "ELE" aceitou,
este mundo tal como é,
e não como eu gostaria que ele fosse...


Que eu aceite as coisas como são


CONFIANDO que ELE ( o Espírito Santo) acertará tudo,
Se eu me entregar à sua Vontade,
Para que eu seja feliz moderadamente
nesta vida;
E extremamente feliz com ELE na Eternidade!


Confio que "ELE" acertara tudo...

______   ***   ______


Postado por Geni Mafra Souza
Dos meus cursos, estudos e apostilas
Dos AA

2 comentários:

  1. É Geni,um dos pilares de AA é ,que seus membros tenham suas identidades preservadas,mas não é uma irmandade secreta, porisso,acho louvável sua publicação, pois a difusão é um modo de dizer ao que ainda sofre,que há uma esperança..... E você publicou sobre a Oração da força do AA...desde que ela foi copiada de um orbituário em 1941...esta é a versão mais aceita....pequise Jack Alexander nas literaturas de AA... Parabens pela iniciativa...

    ResponderExcluir
  2. Olá Rei do Merengue,

    Obrigada por acessar o blog e pelo comentário.
    Realmente, pesquisei muito sobre a Oração da Serenidade e postei o que encontrei. Não conheço as literaturas do AA mas vou procurar pela informação que me deu. Sou-lhe Grata!
    Apareça mais vezes, será um prazer!
    Abçs fraternos de PAZ, LUZ e SERENIDADE!
    Gení

    ResponderExcluir