quinta-feira, 24 de março de 2016

* - Dias Mágicos MAIO - 1ª quinzena - *

Para quem se interessa pelas deusas/deuses como arquétipos; ou simplesmente quer aumentar seu conhecimentos sobre a História Antiga, seus rituais e comemorações...

Este mês tem a origem de seu nome na deusa grega Maya, mãe de Hermes. Como maio é o mês das mulheres, uma boa pedida é homenagear a Grande Mãe.

GAIA - a Mãe Terra

Conhecida em algumas culturas como Gaia, Géia ou Gê era a deusa da Terra, como elemento primordial e latente ou Terra, a Grande Mãe; o princípio da criação.
Para equilibrar as energias e despertar ou fortalecer o princípio dentro de você, vista-se de verde e entre em contato com a natureza.


MARIA, nossa Mãe Maior

O mês de Maio ainda, para a maioria dos cristãos, é o mês consagrado a MARIA e, por conta disso, no Brasil, nos Estado Unidos e diversos lugares da Europa, no segundo domingo deste mês, comemora-se o"Dia das Mães".
Muitas datas em comemoração a Virgem Maria, ocorrem neste mês, como N.S. Auxiliadora; e o primeiro aparecimento da Virgem de Fátima - Portugal.

Sara Kali - a padroeira dos ciganos

Na França (e no mundo), os ciganos festejam a té hoje a deusa Sara Kali, cristianizada como Santa Sara, com procissões, danças, casamentos e feiras. Ainda na França e no mundo cristal, comemora-se Santa Joana d'Arc. 

Na Irlanda, de antigos rituais a deusa Sheelah Na Gig, permaneceu o hábito de pendurar roupas velhas nos espinheiros, no quarto dia do mês, para afastar a pobreza e o azar...

A "rainha" das árvores -
o majestoso CARVALHO

A árvore sagrada deste mês, segundo os druidas, é o Carvalho; a árvore mais importante para os celtas. Se quer ler mais sobre esta árvore, este é um excelente site:  valedomago.blogspot.com


As pedras do mês são: a Ágata - que proporciona coragem; e a Esmeralda, cujo  preço por quilate a coloca entre as pedras mais valiosas do mundo, só perdendo para o diamante! A esmeralda nos da proteção, regeneração e romance.Tranquiliza a alma.

O lema do mês de maio é:
 "FORTALEÇA-SE e CRESÇA"

Dia 01 de Maio - Beltane; Dia Mundial do Trabalho; Dia de São José Operário (católicos)

De origem celta, Beltane é o grande sabat pagão da fertilidade e festeja a união da deusa com o deus. Escolha dois objetos que representem para você os princípios feminino e masculino (uma rosa e um cravo, um sol e uma lua, etc.). Coloque-os lado a lado e acenda uma vela, que representará a luz que nascerá desta união. Você estará fortalecendo seu poder de criação e sua capacidade de realizar seus desejos.
Também Dia Mundial do Trabalho. Hoje agradeça ao Universo se você tem um trabalho e faça o máximo para realizá-lo bem.

Ainda, para os católicos, dia 01 de maio, também comemora-se São José, pai de Jesus, como Operário, já que José era carpinteiro/artesão.

São José Operário.

Dia 02 de Maio - Festival de  Bona Dea
Bona dea
Bona Dea, outra divindade da cultura romana do campo e dos bosques, habita em todas as árvores. Abraçar uma árvore em seu dia e sentir sua energia pode ajudar a entrar em contato com ela. Bona Dea ajuda-nos em causas muitos especiais.
Sente-se à sombra de uma árvore e conte sua história no dia de Bona Dea, pois ela escutará seus pedidos.


Dia 03 de Maio - Festival dos Cataclismos – Ilha de Chipre. Dia da árvore símbolo do Brasil: o pau-brasil. Dia de São Filipe e São Tiago, Apóstolos (de Cristo) e Mártires

O Pau-brasil, é também conhecido como "a Árvore da Música"
Para ler mais sobre esta árvore que deu nome ao nosso país, clic:

Pau-brasil - Caesalpinia echinata

São Filipe era natural de Betsaida; São Tiago, chamado o Menor, era primo de Nosso Senhor e foi o primeiro bispo de Jerusalém.

São Felipe e São Tiago

Dia 04 de Maio - Dia  de Sheila Na Gig 
Protetora dos humildes; Sheila Na Gig é antiga uma divindade irlandesa. 
Ritual:- Faça algo de coração hoje para os humildes. Suas Boas Ações são a Magia mais Poderosa que pode realizar.

Ajude a quem precisa de você!


Dia 05  - Festa do Dragão.
Neste festival, os chineses festejavam a ARTEMÍSIA, erva sagrada na China. 
Ritual:- Coloque folhas desta erva dentro de uma boneca de pano e pendure-a na porta de casa hoje para afastar as energias negativas.

Para ler mais sobre Artemísia, aqui no blog clic:

Artemísia - a erva da tradicional
medicina chinesa

E se quer ler sobre o Usos e Propriedades da Artemísia vá: http://magiadailha.blogspot.com.br/2012/05/artemisia-propriedades-e-usos-2-parte.html

E para despertar o poder do dragão em sua vida, leve-o para casa em uma representação. As representações chinesas e de fantasia medieval constumam ser as melhores. Ele é muito usado também para proteção contra energias negativas e pode ser usado como pingente, decoração ou amuleto.

Dragão chinês

Consagre-o em noite de lua cheia ou crescente e cerque-o de cristais, meditando sobre as qualidades que ele possui e você gostaria de empregar em seus objetivos. Avise-o também de que deve proteger sua família, negócios ou lar. Ele é sempre um ser muito atento, mas não o engane com intenções malignas. Ele saberá reconhecer uma malícia e cobrará o preço.

A deusa EIR da Cura.

Dia 06 - deusas Eir e Samovila; São Domingos Sávio (católicos)
Nos países escandinavos reverenciava-se a deusa Eir, "A Curadora Silenciosa", que auxiliava as rezadeiras, curadores e xamãs, nas curas com ervas, runas e sons. Dia consagrado também à deusa eslava Vila ou Samovila, representando as forças da natureza; através das florestas, dos animais e regulando as chuvas.
São Domingos Sávio, menino humilde e de família pobre; era educado por  São João Bosco - fundador da congregação salesiana na Itália - Faleceu de grave doença aos 15 anos de idade.

Dia 07 - Thargelia, Festejos em honra de Apolo e Artemis – Grécia.

Robin Hood - Herói mítico inglês

Dia 08  - Festival Robin Hood - Inglaterra. Dia das Mães BR - 2016 -
Herói mítico inglês, um fora-da-lei que roubava da nobreza (governo) e de alguns clérigos abastados,  para dar aos pobres ...
Viveu, parece, durante o século XIII d.C., provavelmente entre 1250 e 1300, como cavaleiro do famoso rei Ricardo Coração de Leão. Até hoje, Robin Hood é festejado na Inglaterra.
Ritual:- Hoje, entre nesta energia e ajude a pessoas carentes.

Os espíritos errantes.

Ainda dia 08  em 2016, no Brasil, nos Estado Unidos e diversos lugares da Europa, hoje, segundo domingo de maio, comemora-se o"Dia das Mães". Parabéns à todas e todos que cuidam com Amor!

Parabéns à Todas ou Todos que cuidam
com Carinho e Amor.

Dia 09  - Festival de LEMÚRIA
Neste festival romano, os espíritos errantes eram consolados e orientados para retornar ao seu lar espiritual. 
Ritual:- Caminhe pela casa jogando alguns feijões para trás para que seus ancestrais recebam conforto e possam ir para seu lar de Luz; 
- ou Medite e seja Grato a seus antepassados; 
- ou ainda mande Reiki a eles, se puder, e verá quantas coisas em sua vida e na de sua família vão sendo curadas..

As deusa das Chuvas

Dia 10  - Dia de Tin Han - 
Deusa chinesa protetora dos que trabalham no mar ou tiram dele o seu sustento. 
Ritual: - Se não puder estar perto do mar neste dia, entre em contato com a deusa jogando pétalas de flores em uma bacia com água salgada.

Deusas das Chuvas...

Dia 11 de maio Dia das deusas da chuva.
Hoje celebra-se em diversas partes do mundo a deusa da chuva: Doda ou Dodola, nos países eslavos; Xtoh na Guatemala; Russalkas na Rússia.



Dia 12  - Festival de Shashti
Esta divindade indiana parece-se com Pã e protege as florestas. 

Ritual: - Queime um incenso de ervas e jogue suas cinzas no jardim ou no quintal, para simbolizar o encontro do deus com a mãe natureza. Em gratidão, eles lhe concederão uma boa notícia.

1ª Aparição de Fátima-1917- Portugual

Dia 13 de Maio- Neste dia, os cristãos católicos de todo mundo comemoram a Primeira das Seis Aparições de N.S. de Fátima (1917) em Portugal, as crianças-videntes: Lúcia, Jacinta e Francisco.

Dia 13, também comemora-se os Festejos Sol da Noite – Noruega; Inicio do mês de Uath – Druidismo.

Princesa Isabel do Brasil, a Redentora.

Dia 13 de maio ainda,  é um dia muito importante no Brasil, pois foi quando em 1888, o Brasil “limpa” uma página escrita com sangue de sua História. Neste dia foi sancionada a Lei Áurea, a lei que extinguiu a escravidão no Brasil (pelo menos, no papel!). Foi assinada por Dona Isabel, princesa imperial, na sua terceira e última regência, substituindo o Imperador D. Pedro II do Brasil em viagem ao exterior.

O Brasil foi o último país independente do continente americano a abolir completamente (?) a escravatura.

Ritual:- Hoje, meditemos sobre o racismo, a escravidão, o preconceito... ainda tão forte e que tantas vítimas fazem, em muitos lugares do mundo, também aqui no Brasil!


deusa Ísis
Dia 14 de Maio - Dia de Ísis.

A mitologia egípicia reserva o dia de hoje para celebrar o encontro da deusa Ísis com os restos de seu amado Osíris. Hoje, deixe partir de vez algo que você perdeu, ciente de que um dia retornará para você. Acenda para Ísis uma vela lilás e um incenso de mirra.






Dia 15 de Maio-Dia de Maya e dia Internacional da família

Essa deusa grega é uma das sete irmãs que fugiram de Órion, o gigante, e refugiaram-se no céu, formando a constelação das Plêiades.
Ritual:-  Olhe para Maya no céu e peça que sopre um segredo no ouvido de quem você ama. A pessoa que você deseja conquistar sonhará com você.


 A Constelação das Plêiades, onde
está Maya.

Hoje, 15 de maio, desde 1993, foi institucionalizado pela ONU como o "Dia Internacional da Família". E como está sua família?


_____  ***  _____

Pesquisado e compilado por Geni Mafra Souza
Fontes de pesquisa:
- FAUR, Mirella - O Anuário da Grande Mãe- editora Gaia, 2º edição, 2001, São Paulo, SP.
- Calendário Wicca, editora Pensamento, diversas edições, São Paulo, SP.
- Almanaque do Pensamento, editora Pensamento/Cultrix Ltda, diversos edições, São Paulo, SP

Principais sites consultados:
Imagens da net

quarta-feira, 23 de março de 2016

ÁRVORES SÍMBOLOS do BRASIL - Pau-brasil -

Temos duas árvores símbolos no Brasil: o pau-brasil e o ipê-amarelo, cuja flor também é símbolo nacional.
Primeiro falarei do Pau-brasil e posteriormente do Ipê-amarelo

A árvore pau-brasil ou
Caesalpinia echinata

O Brasil é o único país do mundo batizado em função de uma árvore e parece incrível, mas a árvore que deu nome ao nosso país, só foi reconhecida como Árvore Nacional cinco séculos após o descobrimento.

Poucos brasileiros já tiveram o privilégio de ver uma árvore de pau-brasil. Isso porque as regiões onde eram encontradas grandes quantidades desta espécie sofreram um violento processo de devastação que praticamente fez com que o pau-brasil fosse incluído na lista das espécies ameaçadas de extinção. Porém, graças a algumas iniciativas louváveis no campo da preservação do meio ambiente, nos últimos anos, nossa árvore aos poucos vai tentando recuperar seu status de cidadã brasileira.

Pau-brasil - nossa árvore símbolo
pela lei de 1978.

Foi necessária a sua quase extinção para que o pau-brasil fosse reconhecido oficialmente na história brasileira. Em 1961, o presidente Jânio Quadros aprovou um projeto declarando o pau-brasil como árvore símbolo nacional e o ipê como flor símbolo.

Em 1972  é realizado um substituto do projeto que fica no "esquecimento" e somente em 1978 o Pau-brasil foi declarado oficialmente "árvore nacional" pela lei n.º 6.607. A mesma lei instituiu o dia 3 de maio como o Dia do Pau-Brasil, e a flor do Ipê-amarelo como "flor nacional". Esta lei obriga, também, o Ministério da Agricultura a plantar viveiros da espécie pau-brasil.


Caesalpinia echinata ou Pau-brasil.

Após séculos de exploração desenfreada, o Pau-brasil é tão raro que maioria dos brasileiros nunca o viu. E você, o que conhece sobre o Pau-brasil?

Vamos estudar melhor a árvore que nos representa...

Antigo e raro espécime de Pau-brasil

Nome Científico: Caesalpinia echinata
Sinonímia: Guilandina echinata
Família: Fabaceae
Divisão: Angiospermae
Origem: Brasil
Ciclo de Vida: Perene
Nome Popular: Pau-brasil, brasileto, ibirapitanga, ibirapiranga, ibirapita, ibirapitã, muirapiranga, imirá piranga, orabutã, arabutá, sapão, pau-de-pernambuco, pau-de-tinta, pau-pernambuco, pau-rosado, pau-vermelho...

As lindas e perfumadas flores amarelas
com vermelho do pau-brasil.

Como é a árvore?

O Pau-brasil pode chegar a 30m de altura, tem folhas miúdas e verde-brilhantes que nascem agrupadas. Sua época de florada ocorre do fim de setembro até meados de outubro e suas flores, formadas por quatro pétalas amarelo-ouro que rodeiam uma diferente, tingida de vermelho púrpura, emanam um perfume delicado.
Acúleos-espinhos

Seu fruto é uma vagem que libera sementes em forma de elipse. O tronco é espinhoso (acúleos) e a casca varia de pardo-rosada a pardo-acinzentada. O fruto é totalmente coberto por acúleos (espinhos) curtos e finos. A árvore tem uma vida longa e só chega à idade adulta aos 100 anos! É ótima para o paisagismo.

O corante vermelho
O tronco do pau-brasil apresenta o cerne de coloração avermelhada. O poder símbólico do vermelho remonta as civilizações mais antigas, por ser cor do sangue e do fogo, tinham também significado de vida e de destruição; de poder. Esta era a cor usada pelos Imperadores e esse foi um fato importante que levou ao corte do pau-brasil para a obtenção de sua madeira e sua resina - a brasilina (C16H14O5), substância que, após oxidação, fornece a brasileína (C16H12O5), corante vermelho natural usado para tingir tecidos de alto luxo, como o veludo, apreciado pela monarquia e pela alta corte. Esta foi a primeira atividade econômica dos colonos portugueses na recém-descoberta Terra de Santa Cruz, no século XVI.


Mapas comparativos da Mata Atlântica (5 anos atrás!)

Habitat natural e exploração

A Mata Atlântica é o habitat natural dessa árvore, mas infelizmente é muito difícil encontrá-lo na natureza. Em 1928 o Pau-brasil chegou a ser considerado extinto, quando biólogos encontraram um único exemplar no interior de Pernambuco, onde hoje fica a Estação Ecológica de Tapacurá pertencente a Universidade Federal de Pernambuco UFRP.

Em 2005, pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) identificaram na Paraíba a maior população de pau-brasil ao norte do País. A expedição encontrou mais de 100 árvores ainda intocadas num remanescente de Mata Atlântica, com 200 hectares, em Mamanguape, 60 quilômetros ao norte de João Pessoa.

Jardim Botânico de João Pessoa - Benjamim Maranhão -
antes - Mata do Buraquinho - Pb

Também no Jardim Botânico de João Pessoa (500 hectares) – que é considerado a maior área verde em ambiente urbano dos pais, parece haver algumas espécimes de pau-brasil.

 Ocorrência

Mata Atlântica, agora diminuta pela
exploração desordenada

Ao todo 1.300.000 km² ou cerca de 15% do território nacional eram cobertos por Mata Atlântica englobando 17 estados brasileiros, atingindo até o Paraguai e a Argentina. Porém, cerca de 93% de sua formação original já foi devastada, e junto com ela, todo o pau-brasil!

É encontrado do Ceará ao Rio de Janeiro na floresta pluvial Atlântica, sendo particularmente frequente no sul da Bahia.

O cerne vermelho do pau-brasil.

Madeira

A madeira do pau-brasil e de excelente qualidade, muito pesada, dura, compacta, vermelha e muito resistente; de textura fina, incorruptível.

Utilidade

Os índios brasileiros já utilizavam esta árvore para confecção de arcos, flechas, extraindo corante vermelho intenso do tronco.
A madeira atualmente é empregada somente para pequenas marcenarias e confecção de arcos de violino ( e outros instrumentos )

O arco do violino "precisa" do pau-brasil

Outrora foi muito utilizada na construção civil e naval e, trabalhos de torno. Entretanto, seu principal valor residia na produção de um princípio colorante denominado "brasileína", extraído do lenho e, na época muito usado para tingir tecidos e fabricar tinta de escrever. A sua exploração intensa gerou muita riqueza aos exploradores e caracterizou um período econômico de nossa história, que estimulou a adoção do nome "Brasil" ao nosso país.


Meus filhos e eu, à uns dezessete anos atrás, plantamos em nosso jardim duas mudas de pau-brasil. Uma sei que ainda está lá, embora cresça muito devagar...este ano já me propus plantar outra, no parque de meu bairro...
E você já viu algum pau-brasil? Já plantou algum? que tal plantarmos neste ano? O Brasil e a música agradecem!

terça-feira, 22 de março de 2016

*- ARTEMÍSIA - Uma “Planta Mágica”? -*

A Artemísia, como o alecrim, parece ser outra planta revestida de magias e mistérios, já que é denominada por alguns até como “a planta mais poderosa da terra”, "a erva da vida", "erva das bruxas" ou “a deusa das plantas”, sendo considerada Sagrada para os orientais.

ARTEMÍSIA - a Planta Sagrada.

Seu nome é em honra a Artemís (Diana, entre os romanos, deusa da caça e da castidade); a deusa grega, protetora dos partos; ainda na Grécia Antiga. Daí vem o seu nome científico: Artemisia absinthium.

Artemís, a deusa grega que deu nome a planta.


Conhecendo melhor a planta:

Famíla: Artemisia pertencente à família Asteraceae (margaridas)
Espécies: O grupo inclui 200 a 400 espécies de plantas herbáceas e arbustivas, ricas em óleos voláteis. O absinto é um exemplo de espécie de Artemisia. Assim, vemos que há inúmeros tipos de artemísia e, quase todas atuam de maneira semelhante, claro, com algumas exceções.
Habitat: Artemisia vulgaris (também chamada de erva do fogo ou artemigem). É natural da Europa temperada, Ásia, norte da África, mas também está presente na América do Norte, onde é uma erva invasiva. No Brasil é cultivada em hortas e jardins em locais agrestes. Hoje, está disseminada em todo o mundo.


Artemisia vulgaris parece ser a mais comum
 
Solo: Tem preferência por solos argilo-arenosos, mas cresce em todos os solos desde que permeáveis. Vegeta espontaneamente em solos não cultivados (baldios). A propagação é feita por divisão de touceiras com raízes, estacas de galhos ou sementes.
Clima: .Produz melhor em climas temperados. Há espécies de Verão/outono e de inverno.
Partes utilizadas: raiz, caule e folhas. Todas as partes da planta possuem sabor muito amargo e aroma muito forte.

Artemísia -Solo arenoso e até com pedras.

Colheita: Em cultivos comerciais, corta-se toda a planta após dois anos. Colhe-se as folhas pela manhã, nas primeiras horas do dia, preferencialmente antes da floração.

Outras denominações: Também conhecida por: absinto, absinto comum, absinto grande, absinto maior, absíntio, absinto selvagem, acinto, acintro, aluína, alvina, artemísia-comun, artemísia-verdadeira, artemíge, artemijo, citronela maior, erva dos bichos, erva dos cem gostos, erva dos velhos, erva santa, erva-do-fogo, erva-de-são-joão, flor de diana, flor-de-São-João, gotas amargas, losma, losna, losna branca, losna-brava, losna de dioscórides, losna maior, sintro, vermute. ( em alguns lugares também chamada fel-de-índio, mas no geral parece ter outra planta com essa mesma denominação)

Família das Asteraceas - margaridas.
 
Descrição: A Artemísia é uma planta perene (vive mais de 2 anos) herbácea de pequeno porte, geralmente medindo em torno de 40 cm a 2 metros de altura; nativa de regiões de clima temperado. Seu caule possui uma coloração púrpura. Suas folhas, de 5 a 20 cm são fendidas conforme a espécie; de cor verde-escuras acinzentada na superfície, possuindo densa camada de pequenos pêlos brancos na parte inferior. Produz flores pequenas, de cores vermelhas, brancas ou amarelas. A Artemisia vulgaris,(popular erva-de-Saõ-João) por exemplo, floresce em outubro.

Artemisia vulgaris L.

Um pouco de História
A Artemisia absinto é famosa desde tempos muito antigos, pelas suas virtudes medicinais, sendo inclusive citado num papiro egípcio que data de 1.600 a.C.

Dizem que foi citada num provérbio de Salomão que teria declarado: "a infidelidade, ainda que possa ser excitante e doce no seu início, costuma ter um fim amargo como a losna" (um de seus nomes popular).

Os egípcios já usavam a Artemísia para Curas.

Hipócrates, o pai da medicina, costumava receitar uma planta chamada Artemisia Absinthium para tratar anemia, asma, reumatismo, dor de estômago e cólicas menstruais.

Sabe-se que a Artemísia tornou-se também uma planta mágica ou Sagrada para os orientais, - tendo até um tempo no calendário chinês consagrado a ela: no início (dia 05) de maio- sendo uma erva largamente usada na medicina chinesa, principalmente na forma de moxa. (ver na segunda parte “outros usos”).

Artemísia a erva dos videntes.

A artemísia- Sempre foi usada por videntes, clarividentes e místicos, de diversos lugares do mundo, como auxiliar nas”adivinhações”.

O Nome
- A palavra "vermute"(absinto) (bebida também preparada à base desta erva) tem tudo a ver com a losna: significa "warmwurz", ou seja, "raiz quente" e é o nome da losna em alemão.
- Já em grego, a palavra losna significaria "privado de doçura"; mas também tem o significado de integridade e boa saúde;
 Na língua latina significa "sem prazer".             
Ainda os nomes do Absinto em outros idiomas:
- Assenzio (Itália),
- Green ginger (USA),
- Ajenjo (Espanha, Argentina),
- Absinthe (França).

Absinto - Famosa Bebida da Belle Epoque: a “Fada Verde”

Dr. Ordinaire e o famoso Absinto.

Caso estranho ocorreu com a Artemísia no século XIX e princípios do século XX , quando registrou-se vários casos de intoxicações e até mortes provocadas pelo uso de um “licor”; na verdade uma bebida destilada; que parece ter sido criada primeiramente como remédio do tipo “Cura-tudo” pelo Dr. Pierre Ordinaire (1741-1821) médico francês que vivia exilado por razões políticas em Couvet, na Suíça, entre os anos de 1789 a 1797.

O excêntrico Dr. Pierre Ordinaire.

Encontrando em campos suíços, ervas que antes só conhecia nos livros, o médico começou a fabricar uma poção composta por 16 ervas, dentre as quais: Artemísia, camomila, melissa, anis, funcho e limão com principais ingredientes. Em menores quantidades: angélica, anis estrelado, zimbro, noz-moscada e verônica. Como a principal erva era o absinto (artemísia), seu nome foi dado à droga.

A famosa Absinthe

Pesquisando, Ordinaire descobriu que o efeito da mistura poderia ser potencializado em solução alcoólica, chegando a percentagem que achou ideal, de 75% de álcool para 30% das mistura de ervas. Mais tarde, alguns fabricantes da mistura usavam diferentes ingrediente,s tipo o cálamo, que supostamente teriam efeitos psicoativos.  


A "Magia" do Absinto: a fada verde.

Descoberto pela população na França, o “licor de absinto” passou a ser usado como alucinógeno e não com finalidades medicinais. A bebida, que era obtido pela maceração do absinto em álcool, intensificava a ação da tujona , (tuinona ou tuiona) o principal princípio ativo do absinto substância tóxica, capaz de manter as células cerebrais em permanente estado de excitação e com poder alucinógeno,  ficou famoso com o nome de “fada Verde”. Curiosamente não é só o Absinto que possui Tujona mas também outras bebidas populares, incluindo Vermute, Chartreuse (outro tipo de licor de ervas conhecido como "longa vida"), e Beneditina, embora em  pequenas quantidades.

Absintho servido com torrão de açucar.
 
A bebida  era também servido com torrão de açúcar e láudano, este último um opióide. Parece ter sido ela; (La Fée Verte);
a responsável pelo comportamento bizarro ( e até assassino!) de diversos escritores, poetas e artistas da Belle Epoque”- século 19 iníciodo século 20-  entre eles:  Edouard Manet, Charles Baudelaire, Paul Verlaine, Arthur Rimbaud, Van Gogh, Oscar Wilde, Henri de Toulouse-Lautrec, Edgar Allan Poe, Edgar Degas e Paul Gauguin; e mais recente Aleister Crowley, Pablo Picasso e Hemingway;  e ainda hoje: Johnny Depp, Leonardo DiCaprio entre outros

Baudelaire e a famosa"Fada Verde".

No entanto, a verdadeira história do absinto parece nem ter começado realmente nos anos 1800, mas remonta a meados do século 18, repleto de lendas sobre as origens desta bebida atribuídas ao Dr. Pierre Ordinaire, pois a produção de absinto-como bebidas na região de Neuchatel já aparece a partir da década de 1750 ou mesmo antes. Parece que o Dr. Ordinaire era apenas um médico entusiasta, eufórico que promoveu o uso de absinto como um remédio/tônico de ervas que, na verdade, já era popular na região. 
O Absintho já era popular como tônico.

Com uma percentagem muito elevada de álcool, de 40% e 85% virou “bebida da moda” causando além do alcoolismo, outros problemas de saúde, inclusive mentais, tais como: epilepsia, suicídio e loucura; e consequentemente o aumento da criminalidade; com diversos casos que foram parar nos jornais. O fato levou a bebida a ser proibida na maior parte da Europa e no Estados Unidos.

Absintho e a "Belle Epoque"

No Brasil, a bebida só chegou em 1999 e foi legalizada com o teor de álcool de 54°GL. Hoje, ela passou a ser liberada novamente em alguns países, com a porcentagem da toxina presente na artemísia controlada pela União Européia e  diminuída 26 vezes, na confecção da bebida.

A quantidade máxima permitida pelo Conselho da Europa e Ministério de Saúde do Brasil é de 10 mg/kg. Assim, água, açúcar, anis verde e corante juntam-se ao álcool e à infusão de ervas na fórmula do destilado, e além da artemísia, entram na infusão sementes de funcho, hisopo, anis e erva cidreira.

Absinto no Brasil.

- A Artemísia NÃO PODE SER USADA por Mulheres Grávidas. (outras restrições ver "Cuidados" na segunda parte) e precisa ser prescrita por um profissional da área.

Na segunda parte leia:
-Uso medicinal, uso energético ou terapêutico, propriedades, usos e cuidados com a Artemísia:
http://magiadailha.blogspot.com.br/2012/05/artemisia-propriedades-e-usos-2-parte.html

Já, corrigindo, uma colocação feita pelo leitor Luís Pontes, a quem agradeço de coração:

Gostava de fazer uma correcção a este (excelente) artigo:
A Erva -de-S.João usada no tratamento da depressão é o Hypericum perforatum, que não tem nada a ver com as artemísias. O termo brasileiro "Erva-de-S.João" designa a Artemisia vulgaris que, essa sim, é uma artemísia mas que não é usada em depressão. A confusão nasceu do facto de "erva-de-s.João" na Europa só designar o Hypericum perforatum, o da depressão.
_____   ***   _____

Pesquisado e compilado por Geni Mafra Souza.
Fontes de pesquisa

- HERTWIG, Igor Francisco Von, Plantas Aromáticas, editora Ícone, São Paulo, 1991.
- CAMPOS, José Maria, Guia Prático de Terapêutica Externa, editora Pensamento/Cultrix, São Paulo, 1993.

 Fontes da Net:
http://www.blogger.com/goog_520675931
pt.wikipedia.org/wiki/Artemísia
absinthe.msjekyll.com/
wlww.achetudoeregiao.com.br/animais/artemisia.htm
http://www.medicinachinesapt.com/moxabustao.html%20-%20Portugal
http://www.greendevil.com/absinthe_history.html
www.thao.com.br/index.php?id=50
chemistry.about.com/od/chemistryhowtoguide/a/absinthe.htm
http://absinthe.arthemisia.free.fr/naiss.php?ARTHEMISIA
http://www.absinthefever.com/absinthe/history

Imagens deste e de outros sites da Net.