sábado, 24 de janeiro de 2015

** - Dias Mágicos de FEVEREIRO -1ª quinzena -**

Esclareço que estas comemorações fazem parte da cultura de algum povo, em alguma época e estão historicamente, segundo JUNG, no Inconsciente Coletivo...Sendo assim, relembrar, homenagear ou fazer um ritual não vejo como “uma superstição profana”, mas antes é não deixar morrer a história, os costumes, a cultura, as tradições populares ou a crença de nossos antepassados!

Os quatro elementos: terra, fogo, água e ar.

Aproveite para fazer durante este mês rituais para os quatro elementos. Note que nenhum deve se sobrepor em importância ao outro. Deve haver um equilíbrio entre eles na sua vida para que exista harmonia, já que nosso corpo é formado dos 4 elementos reunidos ao 5º elemento o Akasha_elemento espiritual (quintessência), que nos dá a vida.

Em Fevereiro reafirme seu caminho 
espiritual, ou faça uma Iniciação.

Na Lua cheia deste mês comemorava-se na China, a deusa da Compaixão e misericórdia Kwan Yin; na lua crescente celebrava-se na Índia,a deusa Sarasvati; no Japão a deusa solar Amaterasu, com o festival das lanternas Setsun-Bun-O.

Fevereiro é um mês propicio a reconfirmação do caminho espiritual e as iniciações. Antes de preparar qualquer cerimônia, ritual ou trabalho, recomenda-se a purificação do ambiente, uma desintoxicação física e uma limpeza espiritual pessoal.

Salgueiro, a árvore do mês.

Árvore do mês:- Salgueiro (conhecido por chorão)
Pedra:- Ametista
Cores: Lilás e roxo
Elemento: Água
Elementais: Ondinas, sereias e ninfas
Deusas:- Brighid, Juno Februa, Afrodite, Selene, Diana, Carista, Hygéia, e as deusas da terra; bem como as deusas das águas, sendo a mais importante: Yemanjá.


ONDINAS - os elementais da Água
 do mês de Fevereiro

lema do mês de Fevereiro é:
"Busque o Equilíbrio em sua vida,
 mesmo se passar por experiências dolorosas"


Ametista, a pedra de fevereiro.

Dia 01 de Fevereiro - Dia da Deusa BRIGID

Brigid-deusa celta da Luz e da Sabedoria

Deusa celta da Sabedoria e da Luz, traz em si a tríplice figura da deusa: donzela, mãe e anciã. O aspecto invocado da Deusa nesse Sabbat é o de Brígida, a deusa celta do fogo, da sabedoria, da poesia e das fontes sagradas. Ela também é deidade associada à profecia, à divinação e à cura.
Ritual - Acenda uma vela que represente a deusa e peça-lhe Luz e Sabedoria para exercer a Bondade, a Cura e a Justiça a partir de agora.

Dia 02 de Fevereiro – IMBOLC(HN) e Lammas /Lughnasadh(H. Sul) No Brasil:  N.S. dos Navegantes, Yemanjá 

Imbolc-festival religioso celta

Este é o dia também chamado de  Brigantia, Imbolg , Candlemas ou Oilmec é um dos quatro festivais religiosos celtas, é também um dos oito sabbats da religião Wicca, que simboliza os novos começos e o crescimento espiritual. É o festival em homenagem à deusa Brigida (Briga, Brigidh e suas variações) e representa as primeiras agitações da Terra, as chuvas, o momento de purificação de tudo; quando a terra está se recuperando do inverno, e o Sol se fortalecendo para a primavera.
Época de festas alegres, tochas e fogueias, comidas condimentadas e sucos e vinhos de sabores marcantes. É comemorado tradicionalmente no dia 2 de fevereiro, no Hemisfério Norte, ( 1º de agosto, no Hemisfério Sul.)
 Ritual:_Trace um círculo imaginário com seu athame (uma faca ou punhal ritual), espada, varinha ou ponta de seu dedo. "Varra" para fora todas as energias em desequilíbrio e acenda uma vela para iluminar seus caminhos.

Yemanjá- a Mãe protetora das Águas.

 Já no Brasil, dia 2 de fevereiro, comemora-se pelas religiões afro: YEMANJÁ, a Mãe Protetora das Águas ou pelo sincretismo religioso: N.S. dos NAVEGANTES, com muitas festas, oferendas e procissões de barcos e navios nos mares e rios brasileiros. Em alguns municípios é, inclusive, feriado.


Festa em procissão de barcos a N.S. dos Navegantes.
Ritual:- Neste dia tome um banho de mar, de rio, de cachoeira ou jogue uma flor (rosa ou palma branca) em  homenagem a Yemanjá ou a N.S.dos Navegantes; agradeça o cuidado dela com as Águas e peça proteção para sua vida. Tome um chá de Jasmim e MEDITE!

Dia 03- celebração a deusa irlandesa Brigantia, a grande mãe tríplice.

Festival Oriental das Lanternas.

Dia 04- No Japão, o festival das lanternas; nos países eslavos, celebram-se Gabija e Aspelenie, as deusas do fogo, do lar e das lareiras. 
Ritual:- Hoje MEDITE na chama de uma vela; no fogo de uma lareira; de um fogão ou fogueira; sobre a Impermanência da Vida, onde TUDO PASSA!

A Fada Madrinha.

Dia 05 de Fevereiro - Dia da FADA MADRINHA
Essa antiga tradição de Gales, lembra-nos de homenagear nossa fada companheira, que tem o mesmo papel de proteção em nossa vida como o nosso Anjo de Guarda.
Ritual:- Ao amanhecer, oferte um lindo presente para sua fada madrinha, colocando na janela um arranjo de flores com a maior variedade de cores possível, além de doces e balas.

Deusas do Amor.

Dia 06- Festival grego-romano dedicado a Afrodite ou Vênus, a deusa da beleza e do amor.
Ritual:-Num bosque coloque sobre uma pedra uma oferenda de rosas ou gerânios vermelhos, maçãs, morango, mel perfume e uma moeda a deusa do amor. Em casa, no seu altar acenda uma vela rosa ou vermelha e peça a deusa um parceiro compatível, ou para sua união ser abençoada, se o parceiro já existe!

Selene, a deusa grega da Lua e da Magia.

Dia 07 de Fevereiro - Dia de Selene.
Dia 08- festival tibetano para as Dakinis ou Apsaras, poderosos seres femininos que auxiliam Kali, a deusa indiana da Morte. Antiga celebração do Sol nos países nórdicos.
Ritual:- Selene é a deusa grega da Lua e da Magia é uma grande auxiliadora das pessoas que acreditam no poder da magia. Quando anoitecer, acenda uma vela branca diante de um espelho, na frente do seu rosto. Enquanto observa sua imagem refletida, invoque Selene e peça-lhe que abra seus caminhos.

Kuan Yin ou Kannon,
deusa da compaixão
 
Dia 09 de Fevereiro - Dia de  KUAN YIN ou Kannon
Na China, Kuan Yin é muito venerada, sendo considerada a grande deusa do Oriente; é a deusa da maternidade e proteção, da Compaixão e da Misericórdia. Também considerada por muitos a Deusa dos Milagres.
Ritual:-Para homenagear essa deusa, enterre uma laranja num jardim e ofereça-a a ela. Hoje também tome um chá de ervas de sua preferência e Medite sobre a Compaixão pelos demais seres vivos.

Ishtar - a deusa das Estrelas.

Dia 10 - Celebração de Ishtar.
Na Mesopotânia, era dia de celebrar Ishtar, a Rainha das Estrelas. Nos paises escandinavos reverenciava-se a deusa Vor, que conferia as mulheres o poder da Intuição e a capacidade de compreender os sinais e os sonhos. Ritual:- Hoje olhe para o céu e ao encontrar uma estrela faça um pedido.
Nossa Senhora de Lourdes.

Dia 11- Festa de Nossa Senhora de Lourdes - França.
 Comemora-se a primeira visão da Virgem, em 1858, por Bernardete Soubirous. Em vários lugares do mundo, a Grande Mãe apareceu manifestada como Maria, a mulher que manteve vivos, na mente e no coração dos homens, a imagem e o amor pelo sagrado feminino, nos últimos dois mil anos. 
Ritual:- Hoje peça a Nossa Mãe Maria que abençõe você, sua família e seus amigos. Medite sobre a responsabilidade da mulher perante a sociedade.

Diana, deusa da caça e dos bosques

Dia 12 - Festival de DIANA
A deusa romana da caça e dos bosques (Ártemis na Grécia) está associada à Lua crescente. Hoje é um dia para pedir proteção a essa deusa e força para atingir nossas metas. Peça a alguém para esconder um objeto na casa e saia a procura. Quando encontrar, dia alto: Assim como cacei este objeto, Diana me ajudará a caçar meu objetivo que é...(diga o que deseja!)


Deusas Vestas- mantinham acesa
a chama doTemplo de Vesta.

DIA 13 - Festival de PARAENTÁLIA
Este é um festival em honra a Vesta, deusa romana do lar e do fogo, aquela que mentém a chama do lar acesa; sendo este um ritual de purificação.
Ritual:- Vista-se de branco hoje e Medite alguns minutos na chama de uma vela, pedindo a Vesta que traga para seu lar Harmonia, Paz e Amor.

São Valentim santo dos enamorados

Dia 14 de Fevereiro - Dia de SÃO VALENTIM
Antigamente era comemorado neste dia o Festival de Amor de Afrodite. O Dia de São Valentim tem a mesma intenção, a de homenagear os enamorados ( em muitos lugares da Europa). 


Na Europa, o Amor está no Ar...

Ritual:- Toda magia amorosa tem mais poder hoje. Acenda uma vela azul para São Valentim e uma vela rosa para Afrodite. Enquanto observa as velas queimarem lado a lado peça a essas divindades para trazerem para você um amor puro e verdadeiro. Se já tem um amor, peça que seja uma relação de Harmonia e Cura para os dois.

Se quer ler as Simpatias para este dia(ou noite anterior) siga:
http://magiadailha.blogspot.com/2010/06/dia-dos-namoradossimpatias2-parte.html


Queime folhas de ervas como Incenso.

Dias 15,16 e 17 de Fevereiro - Festival de LUPERCÁLIA
Na Roma antiga comemorava-se este festival de fertilidade em homenagem ao deus Pã, conhecido também como Lupercus, deus dos instintos primitivos e sensuais. Ritual:-Acenda um incenso de ervas, canela ou noz-moscada e relembre momentos felizes de sua vida, atraindo assim mais momentos felizes. Hoje traduzida como CARNAVAL.
Em 2015,  a Festa de Carnaval vai de 13 a 17 de fevereiro.

Para ler um pouco da História do Carnaval, aqui no Magia da Ilha o link é:
http://magiadailha.blogspot.com/2012/02/carnavalum-pouco-de-historia.html


_____  ***  _____

Pesquisado e compilado por Geni Mafra Souza

Fontes de pesquisa:
FAUR, Mirella-O Anuário da Grande Mãe- 2ª edição, editora Gaia, São Paulo, SP, 2001,
Calendário Wicca, editora Pensamento/Cultrix, São Paulo, SP.
- Almanaque do Pensamento, editora Pensamento, São Paulo, SP.

Baseado nos sites:
bruxaguinevere.blogspot.com/2006_09_01_archiv...
pt.wikipedia.org/

Imagens da net

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Carnaval - Um Pouco de História

Por mais que se pesquise, a história do início do carnaval se perdeu no tempo, porém temos alguns indícios de como esta festa popular pode ter começado, segundo a maioria dos autores que estudam o tema.

Os Pagãos já promoviam festas há mais de 4 mil anos,
semelhantes aos "carnavais" de hoje.

Há mais de 4 mil anos ( nos meados de 600 a 520 a.C.) antes de Cristo, os Pagãos promoviam festas onde as pessoas pintavam os rostos, dançavam e bebiam ao redor de fogueiras, para comemorar as colheitas ou para celebrar acontecimentos religiosos. No Egito já era hábito se fantasiar com máscaras e adereços e pintar o corpo para cultuar Osíris e Ísis pelo recuo das águas do Nilo, para semear o trigo; na Grécia as honras eram para Dionísio, deus de vinho e da loucura e para Momo, deus do sarcasmo e do delírio.

Pã (Lupércio em Roma) era o deus dos bosques,
dos campos, dos rebanhos e dos pastores
na mitologia grega.

Em Roma, que adotou diversas divindades gregas, a festa era para Júpiter – o deus dos deuses; Carna, a deusa romana da saúde e da sobrevivência; para Pã (deus dos bosques) para Baco (do vinho) e também para Momo, em festivais chamados de Lupercais e Bacanais ou Dionísicas.

As celebrações eram feitas com sacrifícios de animais (e até de humanos, como era feito com o Momo), bebidas e comidas em excessos, onde a nudez pública e sexo desenfreado foram sendo incorporados.
Não havia nenhuma punição nos três dias de festas, até que o Momo, fosse sacrificado em honra a Saturno na festa chamada Saturnália, que anunciava o fim do inverno e a volta do sol.

Lupercais, Bacanais ou Dionísicas e
Saturnálias, eram festas romanas.

Assim, três dias eram de total permissividade e, depois, a tristeza e a morte (do momo) no quarto dia (o que pode também ter dado origem à atual quarta-feira de cinzas).

Em meados de fevereiro, também havia um festival romano do "pão, da fornalha" e da vegetação: a Fornacália que festejava a primavera e o renascer da natureza. No início era uma comemoração de caráter religioso, mas depois essa festa degenerou para orgia.

As orgias nas festas romanas

Provavelmente, foram esses tipos de celebrações que deram origem ao carnaval.

Os egípcios, os gregos e os romanos estavam crentes que homenageavam seus deuses, mas na verdade, adquiriam autoridade para roubar, matar e destruir, nestes dias de festas, inclusive com a anuência de autoridades como no século VI a.C., Pisístrato, o tirano de Atenas, passou a homenagear Dionísioconstruindo um templo na Acrópole, o teatro Dionísio, que abrigaria concursos de peças cômicas ou dramáticas.  Depois os romanos, também tiveram a complacência de César, 100 a.C.-44 a.C., quando permitia a escolha do melhor soldado para ser o “Rei Momo”, mesmo que este fosse, depois das festas, sacrificado.

Os grandes festivais romanos.

A Igreja também deu sua aprovação pois, não podendo acabar com as festas pagãs, a igreja católica resolve oficializá-la- do século VI d.C. até o século XVIII d.C.-incorporando-a no seu calendário, provavelmente, também para poder cobrar com mais rigor, os quarenta dias de penitência e jejum durante a Quaresma.  
 
O Rei Momo, aquele que
Comanda as festas de Carnaval.

A Palavra “Carnaval”

Para a palavra Carnaval, também existem divergências entre os estudiosos:
a) Pode ter-se originado de CARRUM NAVALIS, os carros navais que faziam a abertura das Dionisías Gregas nos séculos VII e VI a.C.;
b) ou viria de KANE ou KARTH ou "lugar santo " (isto é comunidade pagã, os deuses e seus seguidores) e de VAL ou WAL ou morto, assassinado, quer dizer procissão dos deuses mortos, uma espécie de procissão de almas errantes do purgatório identificada desde o século XI;
c) Pode ter também sido dado em função das Festas em homenagens a deusa romana Carna, já que ela representava a realidade carnal da existência humana
d) outra explicação seria que entre os ano de 590 - 604 d.C., o papa Gregório I definiu que, num período do ano, os fiéis deveriam se dedicar exclusivamente às questões espirituais. Seriam 40 dias em que se deveria evitar sexo, carnes vermelhas e festas, até mesmo das diversões, como circo ou teatro.
*  Em 1138, a irmandade católica resolve implantar a Semana Santa e definiu as datas oficiais da chamada 'Quaresma', e o primeiro dia dela se chamaria ‘quarta-feira de cinzas’.
 
O Início do Carnaval.

Aconteceu que os dias antes dessa quarta-feira começaram a ser de intenso consumo de carnes, bebidas e de festa. “As ruas enchiam-se de gente fazendo tudo aquilo que não se devia ou não se podia fazer durante o resto do ano. A esse período deu-se o nome de ‘adeus à carne’, “tirar a carne” ou ‘carne vale’ em italiano, que, depois, passou a ser ‘carnevale’-“carnaval”

Assim a palavra "carnaval" ficou, relacionada com a ideia de deleite dos prazeres da carne marcado pela expressão "carnis valles", que, acabou por formar a palavra "carnaval", sendo que "carnis" em latim significa carne e "valles" significa prazeres.

Famoso Carnaval em Veneza- Itália.

DATA

Pelo calendário gregoriano, o domingo de Páscoa ocorre no primeiro domingo após a primeira lua cheia que se verificar a partir do equinócio da primavera (no hemisfério norte) ou do equinócio do outono (no hemisfério sul), e a sexta-feira da Paixão é a que antecede o Domingo de Páscoa, então a terça-feira de Carnaval ocorre 47 dias antes da Páscoa (quarenta dias de Quaresma e mais a Semana Santa) Todos os feriados eclesiásticos são calculados em função da data da Páscoa, com exceção do Natal.

A beleza do carnaval veneziano.

Curiosidades

O baile de máscaras foi introduzido pelo papa Paulo II, no século XV, em pleno Renascimento, mas ganhou força e tradição no século seguinte, por causa do sucesso da Commedia dell'Arte - uma forma de teatro popular improvisado, que começou na Itália, se desenvolveu depois na França e que se manteve popular até o século 18. E é neste século que aparecem três grandes personagens do carnaval: a Colombina, o Pierrô e o Arlequim que tem origem nesta Comédia Italiana.

O Arlequim, o Pierrô e a Colombina.

Na Europa um dos principais rituais de Carnaval foi o Entrudo. A palavra vem do latim e significa início, começo, a abertura da Quaresma. Existe desde 590 d.C., quando o carnaval cristão foi oficializado. O povo comemorava comendo e bebendo para compensar o jejum. Mas, aos poucos, o ritual foi se tornando bruto e grosseiro e o máximo de sua violência e falta de respeito aconteceu em Portugal, nos séculos XVII e XVIII. As pessoas atiravam água suja e ovos das janelas dos sobrados e balcões. Nas ruas havia guerra de laranjas podres e restos de comida e se cometia todo tipo de abusos e atrocidades.

Entrudo - Abertura da Quaresma.

Carnaval no Brasil

O carnaval não veio com os escravos como muitos pensam. A origem aqui se deve ao entrudo português que chegou com as caravelas da colonização (1641). Recebeu também influências das mascaradas italianas, e somente no século XX é que recebeu elementos africanos.

Entrudo no Brasil Antigo.

Entrudo: era uma festa cheia de inconveniências da qual participavam tanto os escravos quanto as famílias brancas. Após intervenções e advertências da Igreja Católica, os banhos de água suja foram sendo substituídos por limões de cheiro, esferas de cera com água perfumada ou água de rosas. Esses frascos deram origem ao lança-perfume, de origem francesa.

As lindas máscaras de Veneza - Itália.

Criado em 1885, os lança-perfumes chegam ao Brasil nos primeiros anos do século XX. Para substituir as grosserias do entrudo, vieram as guerras de flores, de papel e os carros alegóricos. As máscaras e fantasias começaram a aparecer na primeira metade do século XIX, por influência da moda européia, especialmente de Paris e de Veneza.

Antigo convite para o Carnaval.

O primeiro baile de máscaras do Brasil foi realizado pelo Hotel Itália, no Largo do Rocio, RJ em 1840, pelos proprietários italianos, com muito sucesso. Dos salões, os bailes transferiram-se aos teatros, animados principalmente pelo ritmo da polca - primeiro gênero a ser adotado como música carnavalesca no Brasil - e depois, envolvidos pelo som da quadrilha, da valsa, do tango, do "cake walk", do "charleston" e do maxixe. Até então, esses ritmos eram executados apenas em versão instrumental.

Carnavais no Rio Antigo - RJ - BR.

Por volta de 1880 os bailes passaram a incluir a versão cantada, entoada pelos coros. Em 1899, Inspirada pela cadência rítmica dos ranchos e cordões, surge a primeira música feita exclusivamente para o carnaval: a marchinha, "Ó Abre Alas", composta pela maestrina Chiquinha Gonzaga. As marchinhas reinaram até a década de 60 quando são substituídas pelo samba.

Foliões de carro, no Brasil, na década 20- 30.

Na chegada do século XX surgiu o Corso: em desfile caminhões e carros abertos, com ou sem decoração, carregam foliões pela recém inaugurada Av. Central, no Rio de Janeiro.

E surge o Samba brasileiro.

No bairro do Estácio (RJ) foi onde surgiu o ritmo que iria dar um novo tom ao Carnaval, e viria a se consagrar como uma das marcas registradas da música brasileira: o SAMBA.

1920 - As primeiras escolas de samba no Brasil

As Escolas de Samba

O carnaval de rua se consolida no Rio nas primeiras décadas do século XX. Sociedades desfilam seus enredos com fantasias em carros alegóricos. Os blocos aparecem como diversão da população dos subúrbios e dos morros. Junta-se isso tudo e em 1920 aparecem as escolas de samba.

Os famosos bonecos de Olinda - PE - BR

O Carnaval no Brasil hoje

Por ter na sua origem a influência de muitos povos, com costumes e tradições diferentes, é que o carnaval no Brasil assumiu muitas particularidades, evidentes nas diversas regiões, tornando-se um dos carnavais mais famosos do mundo, atraindo milhares de pessoas de todos os continentes.


As concorridas escolas de samba do Rio - RJ - BR.
_____  ***  _____

Pesquisado e Compilado por Geni Mafra Souza.
Fontes Bibliográficas:
FERREIRA, Felipe. O livro de ouro do carnaval brasileiro. Rio de Janeiro: Ediouro, 2005.
ARAÚJO, Hiram. Carnaval: seis milênios de história. Rio de Janeiro: Gryphus, 2003.
MORAES, Eneida de. História do carnaval carioca. Rio de Janeiro: Record, (1958) 1987.
BAKHTIN, Mikhail. A Cultura Popular na Idade Média e no Renascimento: o contexto de
François Rabelais. Tradução de Yara Frateschi Vieira. São Paulo/Brasília: Hucitec/EditoraUniversidade de Brasília, 2008.
MATTA, Roberto da. Carnavais, Malandros e Heróis. 4ª edição; Rio de Janeiro: Zahar Editores S.A; 1997.
FAUR, Mirella. O Anuário da Grande Mãe, 2ª edição, São Paulo, Gaia, 2001..

Fontes na Net:
www.areliquia.com.br/Artigos%20Anteriores/57HistCarn.htm
pt.wikipedia.org/wiki/Carnaval
pt.wikipedia.org/wiki/Pã_(mitologia)
opiniaoenoticia.com.br/cultura/historia-do-carnaval-no-mundo/
www.brasilfolclore.hpg.ig.com.br/carnaval.htm
revistadocambuci.net/.../266-conheca-a-verdadeira-origem-do-carna...

Imagens Net.

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

MEDITAÇÃO da LUA CHEIA ou da SERENIDADE.

A Meditação da Lua Cheia, é a Meditação da SERENIDADE por excelência.

Com o uso periódico desta técnica, obtém-se um efeito suavizador e tranqüilizante para quem a pratica, trazendo Paz e Relaxamento a mente e ao espírito.

Sob o "olhar" da Lua Cheia.

Veja seus benefícios:

-  Serena o pensamento, suaviza as emoções, trazendo PAZ interior.
-  Sua prática constante, dá a pessoa a capacidade de harmonizar ambientes tensos e, neutralizar os atritos nas relações humanas.
-  Equilibra o excesso de Yang irradiados pelo sol durante o dia no nosso corpo Físico, Psíquico e Espiritual, como um bálsamo.

Vamos usar a visualização de uma praia. Se você estiver na praia, "ao vivo", melhor ainda...  Se tem dificuldade de visualizar, use uma imagem de uma praia, olhe a bem antes de iniciar a meditação tentando manter essa imagem em sua mente.

Praia do Samabaqui - Floripa -SC- BR
Fev. 2014-imagem pessoal.
COMO FAZER:

 Sente-se confortavelmente, com a coluna ereta, de preferência com roupas folgadas.
Faça três respirações completas relaxando os músculos e a mente, para fazer uma visualização.

 Visualize uma Praia Nativa onde se vê o mar calmo, sereno, com um céu muito azul e cheio de estrelas; na costa imagine uma vegetação muito verde.

 Veja-se caminhando por essa praia, sentindo a brisa suave batendo no seu corpo.
Inspire profundamente para sentir todas as células de seu corpo recebendo o PRANA,
a  Energia Sagrada.

Imagine-se caminhando na praia...


Pare e olhe em direção ao mar, ouça  a música suave das águas que acalmam seu Ser.
Observe que  a LUA CHEIA se levanta, imponente no horizonte, com sua cor prateada.
Veja como o mar e a areia, estão lindamente iluminados pela Luz da LUA.
Tudo é perfeito e reinam: a Paz, a Harmonia e a Beleza.

Coloque suas mãos com as palmas abertas para cima para receber toda a energia que emana da Lua Cheia, energia de AMOR que vai inundar todo seu Ser, refrescar sua Alma. É a Energia Feminina que traz Suavidade, Repouso e descanso ao planeta terra e a você.

Perceba a Aura Prateada da lua e visualize esta Aura ao seu redor, veja que sua Aura está ILUMINADA tal qual a aura da Lua e receba toda essa energia.
Respire profundamente recebendo essa energia também no seu interior, que vai funcionar como se você estivesse tomando um Calmante.
 USUFRUA dessa energia.
AGRADEÇA, deite-se, relaxe e entregue-se nas mãos dos Santos Seres e, se quiser, adormeça!

Usufrua da energia da Lua Cheia.


Boa Meditação para quem for realizar.
_____   ***   _____

Pesquisado e postado por:
Gení Mafra Souza
Terapeuta/ Mestre de Reiki com aplicações e Cursos de Iniciações
Fonte:
Conhecimentos antigos, pesquisas, apostilas dos meus estudos
Imagens Net

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Numerologia para 2015 = 8

Pela soma dos números ou Numerologia, 2015 estará sob a regência do número 8.

2015 pela som será um ano 8.

Sua cor será: Rosa e Verde
Plantas: begônia e nogueira
Planeta : sol
Natureza: feminina
Horário: noite
Melhores dias: sexta e sábado
Melhores meses: janeiro, março, maio e outubro

Ano 8 - cor Rosa

Atributos positivos: Eficiência, força e perspicácia; autoconfiança, coragem, determinação, 

Atributos negativos: Cansaço, grosseria, exagero, indecisão, ciúmes e intolerância, tendência à vítima.

Palavras chave: realização, carreira, mudanças importantes, poder, reconhecimento, concentração, valor, religião, filosofia e justiça.

Verde outra cor de ano 8.

 Geral:

O número 8 dá a este ano facilidade para se ganhar dinheiro, fazer investimentos, assinar contratos, comprar e vender imóveis, pois é um ano de muita prosperidade nos negócios e no setor de engenharia pelo empreendedorismo.

Ano 8 facilidade para ganhos e lucros.


Haverá aumento de negócios com países estrangeiros, e as pessoas pensarão em larga escala, com objetivos ambiciosos.

Porém, é preciso que não nos deixemos levar somente por isso, pela obsessão em ganhar dinheiro e nem tornar a prosperidade material o único objetivo em nossa vida...


Ano 8 Prosperidade, se lembrarmos
também da Espiritualidade...



É preciso que trabalhemos, antes de mais nada, por nossa realização pessoal, desenvolvendo traços de caráter onde, mesmo buscando o dinheiro e a realização material/profissional, não nos esqueçamos de nossa liberdade pessoal e de nossa espiritualidade. 

Não podemos nos esquecer
 da espiritualidade, num ano 8.

Assim, vai vencer quem souber ver os dois lados de cada questão...E isto será nosso desafio neste ano...não condicionarmos nossa felicidade a posses de bens materiais e ao dinheiro, apenas! Se estivermos atentos a isso, não precisamos ter receio em tomar decisões importantes, pois elas se reverterão em sucesso! 

É preciso Coragem, Força, Eficiência...

Na área profissional

 É importante associar-se a pessoas influentes e talentosas. É ano importante para bons aumentos de salário e para subir de cargo, já que este é o ano em que seu esforço e trabalho serão reconhecidos.

Se você se esforçar, será reconhecido.

Estabeleça metas ambiciosas e execute, e no final do ano ficará surpreso o quão perto conseguiu chegar...
Os melhores dias para esta área são a quinta e a sexta e o sábado.
Os melhores meses onde as oportunidades profissionais serão mais fáceis são: fevereiro, junho, julho, setembro e novembro.

Temos que cuidar mais do Sistema Digestivo.

Saúde:

Este ano, segundo a numerologia, serão mais comuns: as dores de cabeça; problemas com intestino; com o fígado; o sistema circulatório e excretor (ênfase aos Rins) e  reumatismos. Poderão também aparecer complicações nos joelhos, dentes e ossos. 

Meditação e exercícios vão prevenir as
tristezas, depressão e solidão.

É preciso que meditemos e pratiquemos algum exercício porque estados de depressões, desânimos e sensação de solidão, são comuns num ano 8. 

* Cirurgias, laudos médicos ou medicamentos poderão ser feitas erradas...portanto, esse ano em especial, se tiver que fazer uma cirurgia, procure saber mais de uma opinião!




Temos que cuidar muito da alimentação e termos uma atitude positiva de equilíbrio em tudo!

Os meses que a saúde mais pede atenção neste ano são: janeiro, maio, julho e outubro.


Amor/Relacionamentos

Os anos 8 são associados a casamentos, divórcios e gravidez. Casais que aparentavam um relacionamento sólido, separam-se...outros que ninguém apostava: casam-se. Mulheres que não queriam filhos, ou não podiam tê-los, engravidam...

Haverá muitos casamentos, mas também
muito divórcios...

No aspecto romântico, as pessoas serão atraídas por relacionamentos com pessoas mais velhas; por pessoas ricas e influentes. Pessoas que vc conheceu no passado, como amores, amigos,colegas de escola;  vizinhos, parentes... que a muito não via, poderão aparecer.



As cores mais fáceis para o amor este ano serão: tons profundos de azul, preto, marron e outras cores escuras.

Os melhores meses para o amor são: março, julho, setembro e dezembro.

As viagens serão mais por Terra.

Viagens

As viagens este ano ocorreram mais por terra, já que o 8 é um número da terra, sendo que no Brasil, grande parte da  população pedirá a volta dos trens...o que ajudará muito a desafogar o tráfego das nossas estradas rodoviárias, se nossos governantes optarem por isso...

População no Brasil pede
à volta dos Trens...

 O 8 não é muito ligado as viagens, assim essas serão mais relacionadas a propriedades, heranças, encontros de família; visitas a parentes; negócios; funerais ou para estudo.

As viagens neste ano estão mais ligadas aos meses de: janeiro, fevereiro, junho, outubro e novembro.


Profissões/ocupações que melhor se sairão em 2015: executivo, corretor (de valores e de imóveis) operário, arqueólogo, antiquários, mineiro, médico sanitarista  e  geriatras; diretores;   líder religioso, magistrado, político, advogado, gerente, ator, banqueiros e bancários, cuidadores de idosos.



Assim, se você for cônscio de sua autoridade, determinado, perseverante e meticuloso, criativo, confiante, pensar positivo, pensar grande... e lembrar também do seu lado emocional/espiritual, você será bem sucedido em 2015, segundo a numerologia.


Porém, se vc se deixar levar pelo lado mais obscuro do 8, isto é, se você se mostrar dominador, intrigante, fatalista, negativo, opressor,  intolerante, invejoso/ciumento, “valentão”... “esquecendo” completamente do seu emocional/espiritual, você será mal compreendido e, claro, não conseguirá seus objetivos, pois não contará com o apoio do Universo...e nem das pessoas de seu convívio!

Que consigamos interpretar e entender, a força do kármico número 8; no sentido que "Vamos colher aquilo que plantarmos" ou "Lei da Ação e Reação"...
_____   ***   _____

P       Pesquisado e postado por Geni Mafra Souza
      * Esclareço que não sou Numeróloga, apenas curiosa da arte e pesquisadora do assunto.

  Fontes de Consulta
        -  STRAYHORN, Lloyd- Você e a Numerologia, editora Record, segunda edição, 1988, Rio de Janeiro-RJ
       -   ABC do Destino - Numerologia, editora Globo, 1991.
       -   LIBERATO, Aparecida – Vivendo Melhor através da Numerologia, editora Best Seller,  1999, São    Paulo-SP
    - De minhas apostilas, revistas e estudos.

   Imagens Net