quarta-feira, 27 de abril de 2016

Dias Mágicos - JULHO - 1ª quinzena -

Julho tem esse nome em homenagem ao imperador romano Júlio César que, em 46 a.C. resolveu reorganizar o caótico calendário romano.

Imperador Júlio César
que deu nome ao mês JULHO


Por ser o sétimo mês do ano, julho é um mês de Muito Poder na Magia; pela força do próprio número sete que é um número de excelência para a espiritualidade, segundo a numerologia e muitas linhas místicas. Acredita-se que todos os rituais feitos neste mês são bem sucedidos!
A pedra deste mês é o Rubi; que favorece o amor, a beleza e o sucesso. O rubi é também considerado; pelos místicos; como  a energia criativa dedicada aos aspectos mais elevados do "self" superior (essência; alma; mestre interno...)
A árvore é a Aveleira, segundo os druidas.

Rubi - a Pedra do "Self".
 
Os gregos celebram, neste mês, as Olimpíadas, famosas competições de atletismo, drama e música. O Egito celebrava o início de um Ano Novo. No Japão, celebrações budistas e shintoistas, honravam os espíritos dos ancestrais, no Festival das Lanternas – O BOM. Os países nórdicos faziam diversas celebrações as deusas.

AVELEIRA a árvore do mês

O lema do mês é:
“Use sua energia e criatividade
para realizar seus trabalhos e criar novos projetos”.

Dedique este mês para reavaliar suas realizações, canalizar energia criativa para novos projetos e descobrir novos caminhos de realização espiritual.


Duendes - os elementais de Julho.

Os elementais que guardam este mês são os duendes, protetores das florestas, dos bosques, da natureza...  Ofereça-lhes  maçãs durantes sete dias; (ou parta uma maçã em sete) em agradecimento aos seis meses que se passaram, e ao sétimo que se iniciou, e eles agradecerão dando sorte à você nos meses que ainda faltam para acabar o ano.


Dríades - o espírito das árvores.
   
Dia 01 de JULHO - Dia das DRÍADES
Essa tradição celta relembra os espíritos das árvores, conhecidos como dríades, representadas como mulheres belas que emprestavam seus poderes aos druidas. Hoje, um ritual simples e eficaz de conseguir favores das dríades é fazer uma pequena festa para elas.
Ritual:- Num lugar verde, onde exista ao menos uma árvore, faça uma festa com um bolo, um pão, vinho e música alegre. Antes de comer, dance com as dríades alegremente, vizualizando-as à sua volta. Ofereça então os alimentos que trouxe e coma também. As partes das dríades, deixe ao pé da árvore. Despeça-se com um longo e caloroso abraço na árvore. Se puder, vista-se de verde.


Honrando as futuras mães.

Dia 02 de Julho -
Na Europa antiga, celebração das futuras mães, honrando todas as deusas da fertilidade.
Aproveite a data e dedique um pouco de seu tempo e energia para auxiliar e orientar futuras mães, na sua família, entre amigos ou na sua comunidade.


Cerridwen a deusa da fertilidade.

Dia 03 julho – Cerridwen
Festival celta celebrando a deusa da fertilidade Cerridwen, a detentora do caldeirão sagrado da transmutação e Grande Mãe da Vegetação.
Ritual:- Neste dia ofereça flores ou grãos à Mãe da Vegetação. Medite olhando um caldeirão ou uma taçã com água procurando ver além da superfície; além das aparências!


Deusa PAX
Dia 04 Julho – Dia de PAX
Outro dia dedicado à deusa Pax da tradição romana. Pax é "aquela que habita sem habitar" .
Ritual:- Hoje, reze pedindo Paz e Medite pela PAZ e SERENIDADE entre os povos.


ANGUS MAC OG

Dia 05 Julho – Dia de ANGUS MAC OG
Na mitologia celta, Angus é o deus da juventude e beleza. Segundo a tradição, neste dia Angus repartia suas qualidades com os mortais merecedores.
Ritual:- Molhe as mãos e o rosto numa bacia com leite, mel e pétalas de rosa, pedindo para ter espírito jovem e alma bela. Sua aparência física será um reflexo de como você é por dentro.


Deusa Hera.
Dia 06 julho-
Dia dedicado as deusas lunares: Luna, Juna, Selene, Hera, Isthar, Hathor...
Na China celebra-se Chih Nu, a deusa tecelã, padroeira das tecelãs, dos casamentos e regente da estrela Veja, da constelação de Lira.

Dia 07 julho - Dia de JUNO

Em Roma, celebra-se Juno, a deusa Greco-romana padroeira dos casamentos e das mulheres.


Sunna, a deusa Sol ou Luz.

Dia 08 julho - Deusa Sunna.

Antiga celebração pelos povos nórdicos a deusa Sunna; que representava o Sol; cristianizada como Santa Sunniva. Como as pedras eram sagradas para Sunna, em sua honra foram construídos inúmeros círculos de pedras em toda a Escandinávia.


Deusa Athena.

Dia 09 julho – deusa Athena e Rhea.
Começava a “Panathenaea” festival a deusa Athena, festival esportivos, de músicas e poesias, mas também um festival religioso. Comemorações gregas a Rhea, a Mãe das montanhas.
Ritual:- Acenda uma vela verde, toque um sino e invoque essas duas deusas saudando:
“A Terra nos dá seus frutos, por isso eu louvo e agradeço á Mãe Terra”

Holda

Dia 10 Julho – Dia de HOLDA
Holda é uma deusa germânica, conhecida como Senhora das Bruxas. Ela costumava ser identificada também como a grega Artêmis e pode ajudar-nos a obter Coragem e Força em nossas batalhas.
Ritual:- Neste dia, pegue um anel de prata e enterre-o na base de uma vela verde. Acenda a vela e invoque a presença de Holda. Quando a vela acabar, retire o anel e use-o sempre. É um anel mágico que traz a força e a coragem de Holda para combater seus inimigos e transpor seus obstáculos do dia-a-dia.


São Bento criador dos beneditinos.

Dia 11 julho - Dia de São Bento-
São Bento foi monge cristão/católico Criador da Ordem dos Monges Beneditinos. Criador da famosa medalha de proteção contra o mal, que leva seu nome. Bento viveu entre os anos de 480 e 547.
Para ler mais sobre a vida deste inteligente santo aqui no blog, clic:

Dia 12 julho - Dia de Erzulie
Comemorações da deusa lunar Erzulie, regente da beleza, da alegria, do amor, da magia, da boa sorte e da cura.

N.S. de FÁTIMA - Portugual.

Dia 13 - N.S. de Fátima e Deméter
Festa de N.S. de Fátima, em Portugal.
Festival da deusa Deméter, na Grécia, celebrada com procissões de mulheres descalças enfeitadas com guirlandas de flores do campo. Festival das Lanternas no Japão.


As três deusas do destino.

Dia 14 – Urdhr
No calendário nórdico, inicia-se o domínio da norne Urdhr, a anciã das Três Deusas do Destino, aquela que olha o passado.

Rowana a deusa da Proteção
e das Runas.

Dia 15 Julho - ROWANA

Conhecida como a Árvore Deusa na mitologia germânica. Rowana é também a Senhora das Runas e da Proteção.
Ritual:- Em seu dia, você pode confeccionar um poderoso talismã pessoal. Escolha uma árvore que represente Rowana e peça-lhe permissão para tirar um pedacinho da casca. Nela, desenhe ou grave a runa de que você mais goste e passe-a num incenso de madeira do oriente três vezes. Carregue sempre consigo este precioso amuleto.
Excelente Mês de JULHO à todos!
_______   ***   _______
 

Pesquisado e compilado por Geni Mafra Souza

Fontes de pesquisa:
- FAUR- Mirella- O Anuário da Grande Mãe, Editora Gaia,
- Calendário Wicca
- Almanaque do Pensamento

Principais sites consultados:
bruxaguinevere.blogspot.com
www.pt.paganfederation.org/calendario
jornalobruxocampomaior.blogspot.com
mirhyamcanto.blogspot.com
en.i-services.net/members
http://www.covenanimus.com/
http://www.magiazen.com.br/
pt.wikipedia.org/wiki/Delfos
hktrivia.multiply.com

Imagens da Net


terça-feira, 26 de abril de 2016

SÃO BENTO ou BENTO DE NÚRSIA

 Bento de Núrsia.

Ou Benedetto da Norcia nasceu na cidade de Nórcia (ou Núrsia) província de Perugia, próximo à cidade de Spoleto na Itália; viveu entre os anos 480 a 547. Pertencia à influente e nobre família Anícia; tinha uma irmã gêmea chamada Escolástica, também fundadora de ordem religiosa e santa da Igreja. 

Perugia província onde nasceu
o gêmeo Benedetto.

 Era ainda muito jovem quando foi enviado à Roma para aprender retórica e filosofia. No entanto, decepcionado com a vida mundana e superficial da cidade eterna, retirou-se para Enfide, hoje chamada de Affile. Levando uma vida ascética e reclusa, passou a se dedicar ao estudo da Bíblia e do cristianismo.


Nórcia ou Núrsia província de Perugia-
 Itália- cidade natal de Benedetto.


Ainda não satisfeito, aos vinte anos isolou-se numa gruta do monte Subiaco, sob orientação espiritual de um velho monge da região chamado Romano. Assim viveu por três anos, na oração e na penitência, estudando muito. Foi descoberto por alguns pastores, que divulgaram a fama de conselheiro e de santidade. A partir de então, foi visitado constantemente por pessoas que buscavam conselhos e direção espiritual.


Bento foge da corrupta Roma.

Depois, agregou-se aos monges de Vicovaro, que logo o elegeram seu prior. Mas a disciplina exigida por Bento era tão rígida, que esses monges indolentes tentaram envenená-lo. Ele teria escapado porque, ao benzer o cálice que lhe fora oferecido, o mesmo se partiu em pedaços.

Monte Cassino - Nápoles - onde Bento
constroi seu primeiro mosteiro.

Bento abandonou, então, o convento e, na companhia de mais alguns jovens, entre eles Plácido e Mauro, emigrou para Nápoles. Lá, no sopé do Monte Cassino,  construiu o seu primeiro mosteiro.




As regras rígidas não poderiam ser mais simples: "Ora e trabalha".A oração e o trabalho seriam o caminho para edificar espiritual e materialmente a nova sociedade sobre as ruínas do Império Romano que acabara definitivamente. Nesse período, tão crítico para o continente europeu, este monge tão simples, e por isto tão inspirado, propôs um novo modelo de homem: aquele que vive em completa união com Deus, através do seu próprio trabalho, fabricando os próprios instrumentos para lavrar a terra. 


 
Bento propõe edificar uma nova sociedade
com oração e trabalho.
 
Em 503 recebe grande quantidade de discípulos e funda doze pequenos mosteiros, que com o passar do tempo foram todos destruídos, com exceção do atual mosteiro de Santa Escolástica. Em 529, no Monte Cassino, funda o mosteiro que viria a ser o fundamento da expansão da Ordem Beneditina.


Mosteiro Monte Cassino
   
Além de evangelizar, São Bento e seus monges seguidores, preservaram documentou muitos manuscritos; também deram assistência aos pobres e ensinaram aqueles que desejavam aprender. Por isso, sua ordem, que tinha uma vasta biblioteca, se tornou um dos maiores centos culturais da Europa na Idade Média.

A partir de Bento, criou-se uma rede monástica, que possibilitou o renascimento da Europa.





São Bento tinha a fama de ser telepata e muitos acreditavam que conseguia ler pensamentos; outros fenômenos misteriosos aconteceram com o santo, como andar sobre as águas, tirar água de pedras; ter um jarro de óleo que nunca terminava... Ele teria também profetizado a morte de sua irmã e a sua própria.


Mas o que o torna tão popular é o uso da sua medalha, que é considerada milagrosa até os dias de hoje, da qual se diz ter conseguido as palavras nela escritas; para afastar o mal e “abrir caminhos”; em antigos manuscritos.

S. Bento o fundador dos
beneditinos

É conhecida a orientação de São Bento de se fazer o sinal da cruz sobre o cálice com qualquer líquido; caso estivesse envenenado ou ter recebido qualquer tipo de encantamento, ele se quebraria. A cruz sempre foi o signo do Santo que a utilizava como forma de proteção, salvação e afirmação da vida e obra de Jesus. O sinal da cruz era recomendado por ele a todos que estivessem passando por alguma aflição ou tentação maligna. Uma cruz era o selo dos monges na carta de sua profissão quando não sabiam escrever.


A Oração e a Cruz sempre foram
grandes símbolos para Bento.

São Bento é venerado não apenas por católicos, como também por ortodoxos.

Celebrado pela Igreja católica no dia 11 de julho, data em que suas relíquias foram trasladadas para a Abadia de Saint-Benoît-sur-Loire, no centro da França. Alguns mosteiros e igrejas também comemoram 21 de março, dia de sua morte.


É venerado não só pelos católicos.

São Bento não foi o fundador do monaquismo cristão, que já existia havia três séculos no Oriente, foi sim fundador da Ordem dos Beneditinos, uma das maiores ordens monásticas do mundo.

A fonte mais importante da vida de São Bento é o segundo livro Os Diálogos de São Gregório Magno, redigidos por volta de 593, que se baseou em fatos narrados por monges que conheceram pessoalmente São Bento.




Apesar dos diferentes momentos históricos, nos quais a disciplina, as perseguições ou as agitações políticas causaram uma certa decadência da prática da Regra de São Bento, e mesmo da população monástica, os mosteiros beneditinos conseguiram manter, durante todos os tempos, um grande número de religiosos e religiosas.


S. Bento também venerado pelos
ortodoxos, luteranos e anglicanos.

Atualmente, perto de 700 mosteiros masculinos e 900 mosteiros e casas religiosas femininas,( este criados por sua irmã Escolástica) espalhados pelos cinco continentes, seguem a Regra de São Bento. Inclusive algumas comunidades de confissões Luterana e Anglicana.

Das fileiras beneditinas sairam 23 papas, cinco mil bispos e os santos canonizados são cerca de três mil.


Mosteiro Beneditino de Subiaco
- Itália -

_____   ***   _____

Pesquisado e compilado por Gení Mafra Souza.

Próximo assunto: A Poderosa Medalha de São Bento,  para ler clic:
http://magiadailha.blogspot.com/2013/06/a-poderosa-medalha-de-sao-bento.html


Fontes de Consulta: de meus conhecimentos, leituras, livros de história...

Na Net principais sites consultados:

www.derradeirasgracas.com/...%20Os%20Santos%20d...
www.veritatis.com.br
www.netpetropolis.com.br
vidaeestilo.terra.com.br
www.mosteiro.org.br/OrdemSaoBento.php
pt.wikipedia.org/wiki/Bento_de_Núrsia
www.osb.org.br/medalha.html
digilander.libero.it/rexur/benedetto/porto/biografia.htm‎

Imagens da NET

segunda-feira, 25 de abril de 2016

A Poderosa Medalha de SÃO BENTO.


A famosa medalha de São Bento.

Depois do crucifixo, do rosário e das medalhas de N. Senhora, a medalha de São Bento, estão entre as mais usadas em todo o mundo, sob diversas formas: como medalha em correntes, pulseiras, chaveiros, camisetas, botons, “santinhos”...e até em tatuagens!

Tatuagem da medalha

Não se sabe ao certo como a medalha surgiu. Provavelmente foi no século X ou XII, no fim da baixa Idade Média. Parece que  quem a decretou como Sacramental; segundo alguns historiadores; foi o Papa Leão IX, que também em relatos monásticos, supõem-se que o próprio a usava junto das vestes papais, por ter ele mesmo, quando criança, sido agraciado com milagre de vida pelos símbolos usados por S. Bento. Outros afirmam que foi o papa Bento XIV, quem fixou o desenho da medalha.

São Bento e os beneditinos.

A Cruz e os inscritos foram; primeiramente; encontradas esculpidas nas paredes de um mosteiro.

Depois, no ano de 1647, encontrou-se no Mosteiro/Abadia de Metten- Alemanha, um códice em pergaminho que continha a descrição da cruz e medalha de São Bento. Foi com base nesse pergaminho que se cunhou, pela primeira vez na Alemanha, parece que por volta de 1742 e entrego-se a medalha aos fiéis cristãos.

Biblioteca beneditina da Abadia de Metten
- Alemanha -


O formato mais tradicional da medalha é o que foi cunhado em Monte Cassino no ano de 1880.

Hoje as medalhas apresentam modelo um pouco diferente das tradicionais.

A medalha de São Bento não é um "amuleto da sorte". Trata-se de um sacramental, isto é, um sinal visível de fé cristã; na força e no poder do verbo; de palavras sagradas para um cristão.

Medalha como jóia.

É aparente a uma moeda, também disponível com suas cores, amarelo vermelho e azul, cores da Ordem Beneditina. Na parte frontal tem-se presente a Cruz com a pequena oração ou pequeno exorcismo; na parte de trás a figura de S. Bento com inscrições.

Medalha de S. Bento com as cores da ordem.

Durante os séculos XVIII e XIX, era comum nas construção das casas, a pedra fundamental ter a medalha junto dela. Nas fazendas, as medalhas eram enterradas nas imediações para proteger de pragas, intempéries e assaltantes...

Abadia beneditina de Metten - Alemanha -

Muitos mosteiros tinham; e conservam até hoje; a medalha em seus portões, portas, capas de livros, paramentos, toalhas, ou mesmo em vitrais e pisos, como símbolo sacro, mas também  uma forma discreta deste sacramental, como amuleto para proteger o local.


O sábio São Bento.

Devido a força de sua Fé e de sua medalha; sua coragem de enfrentar o mal e vencê-lo, SÃO BENTO é considerado o patrono dos exorcistas.

De acordo com antigas tradições cristãs, a medalha de São Bento, se usada com Fé protege-nos: das epidemias; dos venenos; de alguns tipos de doenças especiais; dos malefícios; dos perigos espirituais e materiais que possam causar o “inimigo”.


O que está escrito na medalha de S. Bento que a torna tão poderosa?

A medalha contem incrustrada desenhos e palavras, hoje iniciais, poderosas para os cristãos que tem FÉ.

No Verso

Verso ou "frente" da medalha S. Bento.

Eius in obitu nostro presentia muniamur (latim)
"Que a hora da morte, nos proteja Tua Presença"

Em algumas medalhas vemos:
Crux Sancti Patris Benedicti, ou Sanctus Benedictus.
Cruz do Santo Pai Bento, ou São Bento

No seu reverso:

Reverso da medalha S. Bento.

Escrito em cada um dos quatro lados da cruz:
C. S. P. B. Crux Sancti Patris Benedicti.


Cruz do Santo Pai Bento

Vertical:

C. S. S. M. L.
Crux Sacra Sit Mihi Lux (latim)
Que a Santa Cruz seja minha luz


Horizontal:

N. D. S. M. D.
Non Draco Sit Mihi Dux.(latim)
Que o demônio não seja o meu guia

Parte superior:
V. R. S.
Vade Retro Satana.
Afasta-te Satanás

N. S. M. V.
Nunquam Suade Mihi Vana.
Não me aconselhes coisas vãs

S. M. Q. L.
Sunt Mala Quae Libas.
É mau o que me ofereces

I. V. B.
Ipse Venena Bibas.
Bebe tu mesmo teu veneno

E:

PAX
Paz

E em algumas encontramos:
IESUS
Jesus
_____   ***   _____

ORAÇÕES à SÃO BENTO



A Oração de São Bento

Santa Cruz do Pai Bento
A Cruz sagrada seja minha Luz
Não seja o Dragão meu guia
Retira-te Satanás
Nunca me aconselhes coisas vãs
É mal o que tu me ofereces
Bebe tu mesmo do teu veneno

Em latim:

Crux Sancti Patris Benedicti
Crux Sacra Sit Mihi Lux
Non Draco Sit Mihi Dux
Vade Retro Satana
Numquam Suade Mihi Vana
Sunt Mala Quae Libas
Ipse Venena Bibas




Oração à S. Bento para alcançar alguma graça:

Ó glorioso Patriarca São Bento, que vos mostrastes sempre compassivo com os necessitados, fazei que também nós, recorrendo à vossa poderosa intercessão, obtenhamos auxílio em todas as nossas aflições, que nas famílias reine a paz e a tranquilidade; que se afastem de nós todas as desgraças tanto corporais como espirituais, especialmente o mal do pecado. Alcançai do Senhor a graça ... que vos suplicamos, finalmente, vos pedimos que ao término de nossa vida terrestre possamos ir louvar a Deus convosco no Paraíso.

Amém.
_____   ***   _____

Para ler: A Vida de São Bento aqui no blog vá no endereço:

Pesquisado e postado por Gení Mafra Souza

Fontes da NET:
www.osb.org.br/medalha.html
digilander.libero.it/rexur/benedetto/porto/biografia.htm
a-grande-guerra.blogspot.com
www.mosteirosaobento.com.br ‎
www.sobrenatural.org

Imagens Net

domingo, 24 de abril de 2016

DIAS MÁGICOS de JULHO 2ª quinzena

Para quem se interessa pelas deusas/deuses como arquétipos; ou simplesmente quer aumentar seu conhecimentos sobre a história antiga, seus rituais e comemorações...

Lembrando que o Lema deste mês é:
“Use sua energia e criatividade para realizar seus trabalhos e criar novos projetos”.

Virgem MÃE MARIA

Dia 16 de Julho - Sono das FADAS; festa da Carmenta e da Virgem MARIA como Nossa Senhora do Carmo.

Na Irlanda é dia dedicado á Virgem MARIA. Também  dia de Nossa Senhora do Carmo - Neste dia se comemora a Festa de Nossa Senhora do Carmo, ou do Monte Carmelo. A Ordem carmelitana considera seu fundador o Profeta Santo Elias — que viveu no Monte Carmelo, na Terra Santa, e que séculos antes da vinda ao mundo de Nosso Senhor já vira sua Santa Mãe simbolizada numa nuvem.

Nossa Senhora do CARMO, vista pelo profeta Elias.

 Na antiga Roma festejava-se Carmenta, a deusa parteira e curadora.

Sono das Fadas - Esta simpática tradição irlandesa diz que este é o único dia do ano em que as fadas dormiam. Por isso, era costume colocarem-se travesseirinhos de algodão dentro das flores ou em lugares confortáveis no jardim, onde as fadas poderiam dormir. No dia seguinte, bastava recolher os travesseirinhos, que estariam impregnados da magia das fadas, tornando-se ótimos amuletos. 

O sono das fadas.

 Dia 17 - Festival Amaterasu

Neste dia comemora-se Amaterasu Omi Kami, a deusa solar do Japão, reverenciada como a governante de todos os deusas, guardiã do povo japonês. Seu emblema o Sol nascente está na bandeira nacional. Amaterasu representa a manifestação mais elevada do Espírito Universal. Ritual:- Hoje, invoque  as bençãos dessa deusa para sua vida.

Amaterasu Omi Kami

Dia 18 de Julho -  Dia de Nelson Mandela.

Dia Internacional de Nelson Mandela criado pela ONU em 2009. Primeiro presidente negro e Ícone da Liberdade na África do Sul, completou em 2012, 94 anos. Amo, Respeito, Admiro este ser humano de grande Integridade e Persistência que nem a prisão; por longos 27 anos; conseguiu diminuir... SALVE o grande humanista e pacifísta NELSON MANDELA! Que possamos nós, nos inspirar em sua luta.

Mandela, o primeiro presidente negro da
 África do Sul; pacifísta, humanista e grande
 líder de todos nós que vibramos a PAZ!

Na mitologia egípcia, ainda dia 18, comemora-se Ísis e Néftis, que  representam as coisas que já existem e as que ainda estão por vir. Neste dia, plante algumas sementes num vaso e celebre o nascimento das coisas novas que vão nascer e das coisas que já cumpriram sua função e seu tempo em sua vida.

A deusa Ísis

Em Hong Kong, celebra-se a deusa das florestas LU PAN.
Já os índios americanos festejam a "Mulher Cobre" e a "Mulher Vulcão".
Comemora-se hoje também a deusa persa da justiça Arstat, como a personificação da Verdade e da Honestidade.

Nascimento de Vénus obra de Sandro Botticelli

Dia 19 - Bodas de Vênus e Adônis; Ísis e Osíris

Neste dia, no Egito celebrava-se o casamento de Ísis e Osíris e em Roma, o casamento de Adônis e Vênus e é um bom dia para um ritual de equilíbrio de energias. 
Ritual:- Acenda uma vela azul representando Adônis em uma concha aberta, representando Vênus. Assim, você estará equilibrando suas energias Yin e Yang, feminino e masculino, negativo e positivo, pois somente através do equilíbrio podemos viver em completa harmonia.


BON ODORI festival das lanternas no Japão,
 em honra aos ancestrais.

Dia 20 de Julho- Bon Odori, deusa Dodola, Santos Dumont e Sta Margreth

No Brasil comemora-se o dia do nascimento de um de seus maiores inventores: Santos Dumont, aquele que deu "asas ao mundo"!

Santos Dumontfoi o primeiro a decolar
a bordo de um avião impulsionado por
 um motor a gasolina.

No Japão, o Bon Odori, o Festival das Lanternas, que celebra os Espíritos Ancestrais.
Sendo, hoje em dia, mais comemorado no mês de agosto.
Na Polônia celebrava-se a deusa da chuva-Dodola.
Dia também de Santa Margreth (Margarete) de Antióquia, a guardiã das crianças.

Dia 21 -Dia de Nana
 Dia da deusa assíria da vegetação: Nana.

Netuno-o deus dos mares

Dia 21/22 - Neptunália-Roma; Maria Madalena-França

Este festival romano durava dois dias e homenageava Netuno, o deus dos mares e dos terremotos. Durante esses dois dias, realize um ritual para livrar sua vida dos tremores e abalos.  
Ritual:- Num cálice com água, salpique com os dedos um pouco de sal. Acenda uma vela azul e mergulhe as pontas dos dedos indicadores na água, enquanto mentaliza seu pedido de proteção.

Dia 22 na França comemora-se Maria Madalena, maior discípula de Jesus entre as mulheres.  
 Ritual:-Meditemos sobre a importância desta grande mulher na vida do Mestre.

Maria Madalena

Dia 23 - Dia de Aegir

Nos países nórdicos, antiga comemoração do deus do mar Aegir e de sua consorte RAN, guardiã dos afogados.

Dia 24 - Dia da Cura e das deusas leoninas

Dia dedicado a todas as deusas leoninas como Seklmet, Cibele, Leona, Durga, Mehit e Tefnut.
Festival shintoísta Tenjin, no Japão, dedicado à cura das doenças.
Ritual: -  Prepare um amuleto de saúde amarrando, em um saquinho de pano verde, sete pedaços de canela, algumas flores secas de cravo, pétalas de girassol e folhas de sempre-viva. Abençõe seu amuleto invocando os Anjos da Cura - sob o comando do arcanjo Rafael -e as deusas leoninas e carregue-o sempre consigo.
Aproveite para se desapegar das coisas, das pessoas, dos acontecimentos...

RAFAEL- o Arcanjo da CURA

Dia 25 - Dia de Tiago Maior - Furrinália - Dia do Perdão Universal -

Tiago - filho de Zebedeu e de Salomé e irmão do apóstolo João, o Evangelista. Pescador juntamente com seu irmão João, foi chamado por Jesus a ser discípulo d’Ele. Levou o Evangelho a diversas regiões entre elas a Espanha onde, a partir do séc IX, iniciou-se a devoção a Santiago de Compostela.

São Tiago Maior discípulo de Jesus.

Celebração das Fúrias ou Erínias, as deusas gregas da vingança. Elas perseguiam aqueles que infrigiam a "lei do sangue" e matavam parentes.Na Índia celebração do deus serpente, Naga.
Atualmente, em muitos lugares, comemoram hoje São Cristovão.
Hoje, no dia também do Perdão Universal, LIBERTE-SE de todas as coisas, principalmente das que lhe magoam, ou daquelas que você não pode esquecer!

Seixos-pedras de rio ( escuras)

Ritual para liberar e transmutar a Raiva:
-Procure uma pedra escura, limpe-a em água corrente e peça permissão ao ser elementaluqe nela habita para realizar o trabalho..Pense em todos os momentos que você sentiu raiva e não conseguiu expressar. Transfira essa energia escura e densa para a pedra. Se sentir vontade grite. Enterre a pedra pedindo as Erínias que transmutem sua raiva em energias positivas, libertando você desse veneno.

 
O famoso calendário Maia.


Dia 26 -  ANO NOVO MAIA  - Sleipnir - São Joaquim e Santa Ana - Dia dos Avós.

Os Maias, que eram uma das mais densamente povoadas e culturalmente dinâmicas sociedades do mundo; atingiram o seu mais elevado estado de desenvolvimento durante o período clássico (250 d.C. a 900 d.C.), continuando a se desenvolver durante todo o período pós-clássico, até a chegada dos espanhóis, e que foram notáveis por sua língua escrita;  celebravam hoje o Ano Novo juntamente com  vários deuses. Os antigos povos egípcios também comemoravam Ano Novo neste dia.
Ritual:- Hoje meditemos sobre este povo tão desenvolvido para sua época, nos inteirando de sua cultura.

São Joaquim e Santa Ana, pais de Maria,
avós de Jesus.
Santa Ana e São Joaquim e dia dos Avós
Ana e Joaquim são os pais de Nossa Senhora. Seus nomes não aparecem nos evangelhos, nem em notícias sobre a família de Jesus. O nome de Joaquim e Ana aparece primeira vez no Proto-evangelho de São Thiago. Este escrito, que parece datar do século II, é o primeiro dos evangelhos apócrifos (discutidos pela igreja)
Por serem dia dos avós de Jesus, hoje comemora-se o Dia dos Avós.

Odhin e seu cavalo mágico

 Dia 26 também dia de SLEIPNIR

Na mitologia germânica, Odhin tinha um cavalo que o levava de Asgard (Céu) e Midgard (Terra). O nome desse cavalo mágico era Sleipnir e hoje é um bom dia para um ritual em homenagem a ele, que pode levá-lo aonde você quiser, seja nos reinos mágicos, seja numa viagem ao exterior, seja a uma posição social.  
Ritual:- Deixe na janela hoje alguns cubos de açúcar e uma cenoura bem bonita, pedindo a Sleipnir que o leve onde você deseja ir.


Rainha egípcia deusa Hatshepsut

Dia 27 - ( outro) Dia da CURA

Dia da famosa rainha egípcia Hatshepsut considerada a representação da deusa da Cura.
Na Irlanda, dia considerado muito favorável a colheita de ervas curativas. Homenageia-se Airmid, a deusa da Cura e da Magia, guardiã da fonte sagrada da saúde.
Celebrações e procissões das curandeiras da Bélgica.
Ritual: - Dedique esse dia à sua Cura física, mental. emocional e espiritual, entrando em contato com seu "Eu Divino", através de Meditação, Imposição de Mãos tipo Reiki, Passe ou Benção etc


São Cristovão - o carregador

Dia 28-Dia daquele que "Carrega Cristo" - São CRISTOVÃO; Dia Mundial de Conservação à Natureza.

Pela Igreja católica, Dia de São Cristovão que significa"Aquele que carrega Cristo" (atualmente comemorado a 25/7)


Itaguaçu - Floripa - SC - BR

Repensemos nossas atitudes com Gaya, nossa mãe natureza!
Comemora-se também o aniversário da sacerdotiza Pythia, na Grécia, cujo nome originou a designação geral das profetizas do oráculo de Delfos, as pitonizas.



A Espada Interior que nos defende do Mal.

Dia 29 - Dia da Espada Interior

A espada é um poderoso instrumento mágico e você pode ter sua espada interior para ajudá-la a vencer. 
Ritual:- Nesta noite, invoque a sua "Mãe Interior". Acenda um incenso de cravo e faça um círculo com cravos à sua volta. Imagine uma espada brilhante cravada numa pedra e peça a ajuda da Mãe para retirá-la. Mentalmente, retire-a e contemple-a. A partir de hoje, você vencerá seus medos e terá mais coragem para lutar pelo que quer.

A tríplice deusa

Dia 30 - Dia da  Trípice Deusa INCA

Os incas também acreditavam que a deusa tinha três aspectos: Mama Quila, Mama Ogllo e Mama Cocha.  
Ritual: - Acenda três velas brancas para as deusas hoje e entoe um cântico às senhoras da palavra e do poder, pedindo-lhes que estejam sempre ao seu lado.

O deus germano Locki


Dia 31 de Julho - Festival de Locki e Sigyn
Locki, o deus das brincadeiras e trapaças da tradição germânica, vem a Midgard juntamente com sua esposa Sigyn para pregar-nos peças.
Ritual:- Hoje, faça algo totalmente inusitado, algo diferente, engraçado ou ousado. Isso atrai a simpatia de Locki, que passa a jogar a nosso favor, dando-nos "boa sorte".

____  ***  ____

Pesquisado e compilado por Geni Mafra Souza

Fontes de pesquisa:
- FAUR, Mirella - O Anuário da Grande Mãe- editora Gaia, 2º edição, 2001, São Paulo, SP.
- Calendário Wicca, editora Pensamento, diversas edições, São Paulo, SP.
- Almanaque do Pensamento, editora Pensamento/Cultrix Ltda, diversos edições, São Paulo, SP

Principais sites consultados:
bruxaguinevere.blogspot.com
www.pt.paganfederation.org/calendario
jornalobruxocampomaior.blogspot.com
mirhyamcanto.blogspot.com
en.i-services.net/members
http://www.covenanimus.com/
http://www.magiazen.com.br/
pt.wikipedia.org/wiki/Delfos
pt.wikipedia.org/wiki/Maias
hktrivia.multiply.com

Imagens da Net