quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

DIAS MÁGICOS de DEZEMBRO-1ª quinzena

Esclareço que estas comemorações fazem parte da cultura de algum povo, em alguma época e estão historicamente, segundo JUNG, no Inconsciente Coletivo... Sendo assim, relembrar, homenagear ou fazer um ritual é não deixar morrer a história, os costumes, a cultura, as tradições populares ou a crença de nossos antepassados!

A GRANDE MÃE-GAYA

Entramos  no décimo mês do antigo calendário romano que era por isso chamado de Decem. Era considerado sagrado e muitos festivais eram realizados neste período. Dezembro traz em seu ventre a Grande Mãe e todas as suas manifestações femininas. Devemos nos abrir para a magia de dezembro, aumentando a conexão com a natureza e com  nosso lado feminino.
Dezembro representa o fechamento de um ciclo, um período para refletir sobre o ano que passou...

A mais importante celebração deste mês são:
-  Solstício de Inverno- Hemisfério Norte e de Verão no Hemisf. Sul.
-  As celebrações atuais do NATAL.
- E o ANO NOVO, para as regiões que seguem o calendário gregoriano.
- E o Festival das Luzes, dos Judeus, o Hannukah - Chanucá.


Castiçal de nove braços-Chanukiá ou Chanuquiá 
(hebraico חנוכיה - hanukiah, pronunciado "ranuquiá") 

* Neste mês, os judeus celebram, até hoje, o Festival das Luzes - durante oito dias - chamado Hannukah, ou "Chanucá" é uma palavra hebraica que significa "dedicação" ou "inauguração".  Se acende diariamente uma nova vela branca em um castiçal de nove braços -  o Chanukiá ou Chanuquiá (hebraico חנוכיה - hanukiah, pronunciado "ranuquiá"); na primeira noite acende-se apenas o braço maior e uma vela, e a cada noite se vai acrescentando uma vela, até que no oitavo dia o candelabro está completamente aceso.
 Comemora-se assim, segundo o Talmud - Livro Sagrado dos Judeus - o antigo milagre da reconquista do Templo de Jerusalém, há dois mil anos. 

Turquesa pedra de dezembro

As pedras dos mês são: a Turquesa e o Zircônio, principal. Secundárias: ametista e citrino
A árvore do mês - Sorveira, sabugueiro, castanheira e teixo.
Plantas:- Aspargo, junco e soja.
As cores:- Azulão, bege e bronze
As divindades regentes são os deuses e as deusas solares.
O elemento: - Fogo
Os elementais do mês: As Salamandras.


Sorveira ou  Sorva árvore de dezembro.

Lema do mês:

"Assuma o controle de Sua Vida. 
Não se deixe guiar pelos outros!"


Salamandra - o elemental
de Dezembro.

Assim:

Reveja todos os aspectos de sua vida. Medite sobre os Sucessos e o fracassos criando uma nova imagem do futuro. Entre no ano novo com FÉ, FORÇA, LUZ e ESPERANÇA!

Posêidon-deus grego dos Oceanos

Dia 01 de Dezembro - Festival de POSÊIDON

Posêidon era o Deus grego dos oceanos. Em seu dia podemos fazer um interessante ritual para controlar e conhecer nossas emoções mais profundas.
Ritual: - Coloque em uma bacia branca água da chuva e sal ou água do mar. Deixe uma água-marinha repousando na água salgada por três noites seguidas. Sempre que precisar de força interior, recorra a sua pedra, agora energizada com o poder dos mares.

Shiva-deus hindu do movimento, da dança

Dia 02 - Festa de SHIVA - Dia Nacional do SAMBA, no Brasil.
Shiva é o deus hindu da dança e do movimento e simboliza o ciclo do início e fim.
Ritual: - Acenda neste dia uma vela azul e peça a Shiva que lhe dê sabedoria para reconhecer os bons momentos da sua vida e paciência e compreensão para os ruins.



No Brasil, dia 02 de Dezembro é dia da maior música popular brasileira: o SAMBA. Lembrando que dia 27/11 fez 100 anos ou I séc. da gravação do primeiro samba brasileiro: Pelo Telefone, composição de Ernesto dos Santos ou DONGA e do jornalista Mauro de Almeida.

Airmid coberta de ervas,
 protegia os que Curavam

Dia 03 - Bonna dea e Airmid
Celebração romana para Bonna Dea, a personificação da Terra e de sua fertilidade. Comemoração também de Airmid, a deusa irlandesa da Cura.
Ritual: - Com vela de cera de abelhas; ervas aromáticas; água de chuva;pedra de rio; conchas e pinhas; faça um ritual invocando a Cura para todos os seus corpos, pedindo a Mãe Terra e as deusas da Cura: Saúde, vitalidade, força e Paz! Agradeça!

Oya- Yansã-Sta Bárbará

Dia 04 - Oya-na África , Iansã no Brasil sincretizada com Santa Bárbara. 2016 Segundo Domingo do Advento.
Celebração a deusa ioruba Oya ou Iansã, esposa de Xangô; padroeira da Justiça e da Memória; ela preseva as tradições ancestrais. Padroeira do Rio Niger, personifica as forças da tempestades, dos ventos e dos relâmpagos. É saudada com "Epa Heyi Oya".
Acende-se a segunda vela
da Coroa do Advento.



Neste domingo se acende a segunda vela da coroa do Advento, de cor roxa (embora muitos usem vermelha) ou verde, lembrando que a chegada do "menino-Deus" está próxima. Essa segunda vela representa a FÉ e a cidade de Belém. Depois de fazer uma oração, deixa-se queimar algumas horas e se apaga. Será acesa novamente com as demais na Noite de Natal.

Para ler mais sobre os símbolos de Natal:
http://magiadailha.blogspot.com/2011/12/historia-do-natal-2-parte-os-simbolos.html

Arinna-a deusa LUZ

Dia 05 - Arinna - A deusa da Luz; Sta Lúcia-Itália
Arinna é celebrada com a deusa da Luz solar e da Claridade. 
Ritual:- Hoje celebre a LUZ e o Sol como fonte de vida, calor, luz e saúde!
Sta Lúcia ou Luzia=LUZ
Santa protetora dos oftalmologistas.

Dia 05/12 - Primeira festa de Sta Lúcia na Itália, (-+283 +304) ou Santa Luzia (Brasil) cujo nome deriva de Luz. Jovem  de família rica, da região da Sicília, na Itália, que foi martirizada a mando de Diocleciano, perdeu os olhos e depois foi dacaptada, por não negar sua FÉ cristã. O dia de sua festa é dia 13/12.

São Nicolau - antecedente ou 
dá origem ao Papai Noel.

Dia 06 - Deusa persa Spenta Armaiti - São Nicolau -
Antiga celebração a Armaiti, a deusa da "Piedade Divina".  Ela protegia a Terra.
Dia de São Nicolau ou Santa Klaus, antigo aspecto de Papai Noel que vinha do Norte trazendo bençãos e Cura. Se quer ler mais sobre o assunto aqui no blog:
http://magiadailha.blogspot.com/2011/12/historia-do-natal-2-parte-os-simbolos.html

GOB-o Rei dos Gnomos

Dia 07 - Dia de Gob.
Gob é o Rei dos Gnomos, também conhecido como Chobb, e costuma andar em companhia de Uriel, anjo que governa esta categoria de elementais. Ele governa o reino mineral e pode nos levar ao "ouro espiritual"; o maior tesouro! Oferte a Gob em seu dia um pequeno tesouro.
Ritual: - Coloque numa caixinha algumas moedas (de preferência douradas), doces, balas e outros objetos bonitos e pequenininhos e enterre-a ou deixe-a em uma caverna, ou ainda embaixo de uma pedra, oferecendo a Gob. Ele saberá lhe retribuir...

MARIA Concebida sem pecado.

 Dia 08 - Dia da IMACULADA CONCEIÇÃO e Festival de Ixchel

A Imaculada Conceição é, segundo o dogma católico, a concepção da Virgem Maria sem mancha ("mácula" em latim) do pecado original.
A festa da Imaculada Conceição, foi definida como uma festa universal em 1476 pelo Papa Sisto IV; e definida como dogma pelo Papa Pio IX em sua bula Ineffabilis Deus em 8 de Dezembro de 1854.

Ritual: - Hoje, humildemente e confiante no Amor e na Bondade de nossa Mãe Maria,  peça a graça que você necessita, repetindo no final:  Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós, que recorremos a vós. (Repetir três vezes). Ela nunca deixa desamparado quem implora seu auxílio.

Ixchel-a Dama da Noite para os Maias

Na cultura maia, Ixchek é aquela que tudo abraça, a dama da noite. Neste dia, ela está em toda parte distribuindo energia de amor e entrega aos que estiverem sintonizados com as energias superiores.
Ritual: - Abrace demoradamente as pessoas hoje. Algumas pessoas não sabem abraçar, têm medo de entregarem-se e serem magoadas. Para as pessoas que não se sentem amadas, esta é uma boa magia: acenda uma vela rosa e um incenso de dama da noite. Feche os olhos e imagine-se envolvido por uma luz rosa quente e suave, como um abraço. Peça a Ixchel que a ajude a conquistar o Amor e Amizade que dão sabor a vida.

A Virgem de Guadalupe.

 Dia 09 - Festa a Virgem de Guadalupe- México- de 09 a 12.
A Virgem apareceu em 1531 na colina de Tepeyac, a um índio, pedindo que ali fosse construído um altar para ela. 
Ritual: - Hoje peça a Virgem que lhe de Iluminação, Orientação e Cura!


Libertas-deusa romana da Liberdade

Dia 10 - Festival de Lux Mundi
Este festival romano honrava a deusa Liberdade -LIBERTAS-e podemos hoje nos livrar do que nos faz sentir presos. 
Ritual:-  Invente seu encantamento. Pode ser uma dança ou um simples bolo mágico, mas deve ser fruto de um ato livre e desprendido; feito com o coração... Às vezes, temos que nos livrar de velhas regras para "irmos adiante", para evoluirmos na vida...

Hermes-o mensageiro dos deuses gregos.

Dia 11 - Dia de  Hermes e em 2016 terceiro domingo do Advento(A Espera)
Hermes, mensageiro dos deuses da mitologia grega, pode hoje ajudar você a levar seu desejo aos deuses. 
Ritual: - Amarre duas penas juntas com uma linha amarela. Dê três nós na linha, mentalizando seu desejo em cada um. Vá a um lugar livre e solte as penas ao vento, pedindo que Hermes leve seu desejo aos deuses e que estes ajudem-no a realizá-lo.


Acende-se a terceira vela da Cora -
de cor rosa ou verde.

Neste domingo (2016) acende-se a terceira vela da Coroa do Advento, normalmente de cor rosa (ou verde) lembrando a Alegria da quase chegada do "menino-Luz"! Essa terceira vela também representa os pastores.  Esse domingo também é chamado Domingo "Gaudete" que significa: Alegrai-vos!
Para ler "A História do Natal":
http://magiadailha.blogspot.com/2011/12/historia-do-natal.html


Angerona a deusa do Silêncio.

Dia 12 - Festa Anual a Guadalupe-México; dia de Angerona (Roma)
Dia da deusa asteca Coatlicue e também dia consagrado a Angerona, a deusa romana do silênciao, da ordem e do medo, que produz e alivia. Era invocada para guardar segredos ou vencer medos, restabelecendo o equilibrio.

Juno (Hera) deusa da Luz e do Parto

Dia 13 - Dia de Santa Lúcia, para os Cristãos Católicos. Celebração a antiga deusa Juno Lucina.
Na Itália se celebrava a deusa da Luz e do Parto: Juno. 


Santa Luzia ou Stª Lúcia, uma das
virgens mártires da igreja católica.

Na Suécia e na Itália comemora-se Sta Luzia (ou Stª Lúcia), a santa padroeira dos Oftalmologistas.

Em 2016 acontece a terceira Super-Lua do ano. Para ler um pouco sobre a Super-Lua:
http://magiadailha.blogspot.com/2013/06/superlua-ou-supermoon-como-se-explica-o.html


Índia Hopi saudando o Sol.

Dia 14 - Festival Soyal - Índios Hopi.
Celebrava-se nesta data o retorno do Sol e o Renascimento. Num longo ritual os índios Hopi preparavam o corpo, a mente e o espírito para um novo ciclo em suas vidas. Guie-se por essa antiga sabedoria e faça sua própria purificação e celebração.


Alcione-deusa da Paz e
da Harmonia


Dia 15 - Festival de Alcione.
Na antiga Grécia, celebrava-se a Paz e a Harmonia trazidas por esta deusa. Acenda uma vela branca, MEDITE e reze pela sua Paz Interior; pela PAZ no mundo.


______  ***  ______

Pesquisado e compilado por Geni Mafra Souza

Fontes de pesquisa:
- FAUR, Mirella - O Anuário da Grande Mãe- editora Gaia, 2º edição, 2001, São Paulo, SP.
- Calendário Wicca, ed. Pensamento, diversas edições, São Paulo, SP.
- Almanaque do Pensamento, diversas edições, ed.Pensamento-Cultrix Ltda-São Paulo, SP

Principais sites consultados para este assunto:
bruxaguinevere.blogspot.com
grupoanimus.forumbrasil.net/t96-panteao-romano

Imagens NET

Nenhum comentário:

Postar um comentário